Magazine Luiza

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

A revolução nos sistemas de pagamento digitais (vulgo Paypal)


A primeira postagem que fiz sobre o Paypal data de 2009... Hoje é o que é...

Retirei essa postagem do Blog do Luis Nassif, grande economista...

A revolução nos sistemas de pagamento digitais


Um dos grandes fenômenos da Internet foi o sistema de pagamentos Paypall, talvez o mais conhecido sistema de pagamento digital do planeta.
A Paypall nasceu há quinze anos, no boom da Internet, como uma ferramenta de envio de pagamento através da agenda pessoal do Palm - a primeira agenda eletrônica da Internet. Com o dinheiro fácil da época, seus criadores levantaram mais de US$ 350 milhões.
Acabou sendo adquiridos pelo site de leilões EBay, para resolver o problema da transferência de pagamento entre duas pessoas - o vendedor e o comprador. Oito anos atrás abriu capital como empresa independente, quando as transações da Internet passaram a exigir cada vez mais a moeda digital.
***
A empresa cresceu em cima de dois conceitos: segurança e praticidade.
Em vez de competir com os cartões de crédito, o Paypall tornou-se uma carteira de cartões de crédito. O usuário cadastra seus cartões no sítio do Paypall e efetua as compras de modo simplificado, meramente usando a senha do sistema para gerenciar as compras de todos os seus cartões.
As fraudes com cartões ocorrem quando os dados transitam pela Internet e são capturados pelos hackers. No caso do Paypall, na abertura da conta o cliente cadastra seus diversos cartões. Depois, em cada compra basta colocar a senha do Paypall e dar ok.
Para aumentar o conforto do cliente, a Paypall decidiu assumir as perdas totais dos clientes decorrentes de fraudes. Bancou a aposta depois de constatar que as fraudes respondiam por 1,2% a 1,5% do faturamento total.Essa proteção ao consumidor estendeu-se também aos produtos. Se não receber o produto em até 45 dias, o consumidor recebe seu dinheiro de volta.
***
O segundo ponto é a praticidade. Em qualquer loja virtual, há muitos passos entre colocar os produtos no carrinho e pagar. Na Paypall basta um clique. Na média de mercado, apenas de 25 a 35 em cada cem saem com cartão aprovado na primeira vez. Na Paypall a média sobe para 60%.
***
O telefone caminha para ser o acessório indispensável das pessoas. Estudos recentes mostram que 75% das pessoas dormem com o celular ao lado; 25% levam para o banheiro; e 88% para todo o tempo a uma distância máxima de 1,20 metro.
A nova fronteira da competição no setor, agora, é valer-se do celular para o chamado pagamento invisível. Em algum tempo haverá transferência de numerário através do próprio celular, com a moeda digital
***
Esse modelo tornou-se particularmente relevante no Brasil devido aos buracos do sistema 3G, com a linha caindo seguidamente, muitas vezes no meio do procedimento.
Nos sistemas de táxi por celular, quando termina a corrida o taxista passa o celular ao freguês, coloca o valor da corrida e o passageiro limita-se a colocar os três últimos dígitos do seu CPF para transferir o pagamento.
***
A Paypall entrou há quatro anos no Brasil. Hoje em dia possui 3 milhões de contas ativas, 150 funcionários. 20 grandes players contam com 80% do volume de transações da Internet brasileira. A Paypall responde por mais da metade das transações.
Para clientes menores, há a concorrência de serviços brasileiros, como o sistema similar da UOL. Mas nas grandes redes, que exigem sistemas de segurança mais parrudos, o Paypall reina absoluto.