Magazine Luiza

terça-feira, 3 de maio de 2016

Quando uma goleada de 9 X 2 é maior que uma de 14 X 3?! (Atlético X Cruzeiro, A Lucta dos Titans)


Quando uma goleada de 9 X 2 é maior que uma de 14 X 3 ?!

Simples assim: Quando a goleada de 9 X 2 é verdadeira e a goleada de 14 X 3 é falsa.

Vamos introduzir o assunto:


Esse moço aí fala a maior parte do tempo daquele 6x1, até então, maior goleada no clássico Atlético X Cruzeiro no século XXI.

Ele contesta tanto a goleada de 9x2 em 1927 quanto a goleada de 14x3 em 1921.
O Interessante é que ele contesta o 9x2 dizendo que a única fonte é o recorte de um jornal velho que usa fonte arial e que a fonte arial nasceu em 1982. Pediu alguma fonte confiável.
O recorte de jornal é esse:

Percebam que não é um jornal da época.
É um jornal Estado de Minas, que foi inaugurado em 7 de março de 1928(portanto não noticiou esse jogo) e  está lá no cabeçalho: "Centenário do Galo - Faltam 5 dias".

Portanto esse jornal foi de 2008 numa série de reportagens em homenagem ao centenário atleticano. O que explica a fonte arial.

Tem a imagem do jornal Diário de Minas da época, a imagem é outra:

Não tem fonte arial e o Atlético se escrevia Athletico.

É só uma notinha, sem foto, o resto da imagem é montagem, está disponível na página Galo Digital:
http://www.galodigital.com.br/enciclopedia/192721_Palestra_It%C3%A1lia-MG_2_x_9_Atl%C3%A9tico


Em 2012, o estado de minas de novo mostrou a partida nas suas páginas:
http://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/atletico-mg/2012/11/27/noticia_atletico_mg,235714/maior-goleada-da-historia-do-classico-mineiro-um-9-a-2-completa-85-anos.shtml


O moço do vídeo fala que a notícia surgiu depois dos 6x1, plantada pela imprensa, para rebater o fato dos 6x1.
Não é uma verdade. A notícia pode ter sido renascida/requentada depois desse clássico, mas ela já existia. No ano de 1981 a revista placar fez uma reportagem de 4 páginas sobre o clássico Atlético X Cruzeiro, lá cita o 9x2 e não faz nenhuma menção aos 14x3.

https://books.google.com.br/books?id=vVSanqz-W_4C&pg=PA60&dq=9x2+atl%C3%A9tico&hl=pt-BR&sa=X&redir_esc=y#v=onepage&q=9x2%20atl%C3%A9tico&f=false


Depois disso em seção de cartas dos leitores a revista respondeu sobre a maior goleada 9x2 em clássicos, essa é de 1986
https://books.google.com.br/books?id=trTODwky4osC&pg=PA5&dq=9x2+atl%C3%A9tico&hl=pt-BR&sa=X&redir_esc=y#v=onepage&q=9x2%20atl%C3%A9tico&f=false



e essa é de 1999.
https://books.google.com.br/books?id=vcYoxo4DW9IC&pg=PT23&dq=9x2+atl%C3%A9tico&hl=pt-BR&sa=X&redir_esc=y#v=onepage&q=9x2%20atl%C3%A9tico&f=false



Portanto o argumento que é uma notícia plantada para responder aos 6x1 cai por terra.
É uma história conhecida desde sempre. Por todos aqueles torcedores mais atentos.

A novidade é que apareceu uma goleada de 14x3 do cruzeiro, até então desconhecida.
Apareceu uma foto de jornal. Envelhecida. Sem outras fontes confiáveis...
Da mesma forma que o moço do vídeo fala sobre o 9x2.
Mas pelo menos ele é coerente, não confia também nos 14x3.

Coloquei a foto da notícia dos 14X3 no início, veja de novo:



Existem outras fontes sobre o 9x2:

No Blog do Chico Maia, um conhecido atleticano dono de jornal, mostra um depoimento de um dos jogadores(isso já depois da polêmica acontecer):

http://blog.chicomaia.com.br/2015/02/03/o-relato-de-um-astro-do-cruzeiro-que-jogou-nos-9-a-2-pro-galo-em-1927/

A ESPN também já mostrou o resultado:


O blog Jornalheiros lista todos os Atléticos e Cruzeiros até 2009.
Lá consta o 9x2. E não consta o 14x3
http://jornalheiros.blogspot.com.br/2010/02/historia-atletico-x-cruzeiro.html


Recentemente a Placar(novamente) listou as maiores goleadas entre clássicos regionais(fez isso na ocasião da goleada 6x1 do  Corinthians sobre o São Paulo.)

http://revistaplacar.uol.com.br/noticias/futebol-nacional/corinthians-faz-maior-goleada-da-historia-dos-classicos-contra-o-sao-paulo.phtml#.Vydiz9IrLDc
Lá consta o 9x2. E não consta o 14x3.


O Blog Atlético X Cruzeiro http://atleticoxcruzeiro.blogspot.com.br/ que lista os resultados Atlético X Cruzeiro até 2009 (portanto é anterior aos 6x1, portanto anterior à polêmica)...
Lá consta o 9x2. E não consta o 14x3.

No Blog Almanaque do Cruzeiro
que tem todos os resultados atualizados sempre (o último foi em março de 2016 e o resultado está lá)
Lá consta o 9x2. E não consta o 14x3.

A página Cruzeiro.org (http://www.cruzeiro.org/noticia.php?id=35863) quando mostra a história do clássico, lá consta o 9x2. E não consta o 14x3.

O site  rsssfbrasil, (RSSSF  signigica The Rec.Sport.Soccer Statistics Foundation) uma fundação internacional com o objetivo de levantamentos históricos de resultados esportivo, com braços em diversos países e participam vários membros de vários estados brasileiros, quando listam todos os jogos do Clube Atlético Mineiro de sua história desde 1909:  http://www.rsssfbrasil.com/miscellaneous/matatlmg.htm
Lá consta o 9x2. E não consta o 14x3.

No Blog futebol em números, num post que listam as maiores goladas aplicadas e sofridas por cada um dos 12 gigantes do futebol brasileiro, a maior goleada sofrida pelo cruzeiro é os 9x2. Já a maior sofrida do Atlético não é 14x3, é um 11x2.
http://futebolemnumeros.blogosfera.uol.com.br/2015/04/05/as-maiores-goleadas-aplicadas-e-sofridas-pelos-grandes/
Portanto lá consta o 9x2. E não consta o 14x3.

Na página Campeões do futebol, mostram também todos os jogos do Atlético desde 1909 e adivinhem...
http://www.campeoesdofutebol.com.br/atleticomg_jogos3.html
http://www.campeoesdofutebol.com.br/atleticomg_jogos4.html
Lá consta o 9x2. E não consta o 14x3.

O Blog Atletico X Cruzeiro Raridades, reproduz um caderno especial do jornal Hoje em Dia dedicado exclusivamente a historia dos 90 anos do clássico. Uma matéria poucos meses antes da goleada de 6x1. Na matéria constava que a vitória do Cruzeiro para cima do Galo com o placar mais elástico era 5x0.  Pouco depois a equipe celeste fez história e deixou a matéria obsoleta.
http://atleticoxcruzeiroraridades.blogspot.com.br/2011/04/90-anos-de-rivalidade.html
Lá consta o 9x2. E não consta o 14x3.


Na página oficial do Atlético Mineiro, na parte de história, linha do tempo, quarta bolinha, tem um ítem chamado Rei dos Clássicos.
Fala que o Atlético ganhou o primeiro Clássico com o Vila Nova, ganhou o primeiro clássico contra o América e não fala nada sobre o primeiro Atlético x Cruzeiro. Vocês imaginam porque, né?! O primeiro clássico Atlético X Cruzeiro(na época Palestra Itália) foi vencido pelo Cruzeiro 3x0.
Na página do Atlético não iria exaltar essa proeza. Mas em compensação eles falam da maior goleada, 9x2 em 1927 e falam  da única final de outro campeonato que não seja mineiro da duas equipes, a copa do Brasil de 2014 vencida pelo Atlético.

Não fala nada sobre o primeiro clássico.

Mas também não inventa uma história que não aconteceu.
A história até pode ser contada e re-contada.
Mas não pode ser escrita e re-escrita.




Rei de Clássicos

Em 1912, o Atlético venceu o Villa Nova-MG, em amistoso que marcou o 1º jogo do confronto conhecido como o "Clássico mais antigo do Estado". Quase dois anos mais tarde, o Galo venceu o América-MG, por 2 a 0, inaugurando o duelo que durante muito tempo foi conhecido como o "Clássico das Multidões". Em 1927, o Atlético aplicou a maior goleada da história do confronto que iria se tornar o clássico mais importante do futebol mineiro, ao vencer o Cruzeiro-MG (antigo Palestra Itália), por 9 a 2. Na foto, Saíd marca de cabeça para o Galo.

Em 2014, ocorreu a 1ª decisão de um título nacional entre as equipes e o Galo venceu os dois jogos, sagrando-se campeão da Copa do Brasil.






O superclássico Atlético MG x Cruzeiro, completa 90 anos de história
Publicado em 9 de mai de 2011
30/04/2011
Ídolos das torcidas dos dois grandes clubes de Minas Gerais, Reinaldo, ex-atacante do Atlético Mineiro, e Raúl Plassmann, ex-goleiro do Cruzeiro, comentaram sobre a importância do clássico mineiro entre os dois maiores times do estado. Apesar da rivalidade, ambos apontaram o Cruzeiro como favorito para o duelo.

"O Cruzeiro me parece melhor, um time mais organizado, mais inteiro. Por isso eu acredito que esteja melhor que o Atlético, que ainda está em formação. Mas no clássico a gente vai tirar a dúvida de quem está melhor", disse Reinaldo.

"O Cruzeiro veio muito bem, largou com goleadas e isso dá uma força muito grande. O Cruzeiro no momento é o melhor time do Brasil", afirmou Plassmann.




Portanto mais de uma, várias e várias fontes, algumas cruzeirense, algumas isentas de outros estados, algumas isentas e estrangeiras, todas mostram o 9x2 do ano de 27.

Agora, o mesmo argumento, que só existe uma foto de um jornal antigo e nenhuma outra fonte, vale para o 14X3.
Olha a tal foto! (de novo)


Todas as outras notícias que encontrei sobre os 14x3, todas baseadas nessa bendita foto!!

Como dá para saber hoje o que aconteceu na década de 20?!
Só se fizéssemos uma pesquisa minuciosa nos jornais da época, que deve ter somente nas bibliotecas que assinavam jornais da época e guardam até hoje os exemplares...
Será que alguém já fez isso?!

E não é que já fez?!

Rogério Othon Teixeira Alves fez uma Dissertação apresentada ao Programa Interdisciplinar de Pós-Graduação em Estudos do Lazer – Mestrado em Estudos do Lazer da Universidade Federal de Minas Gerais, como requisito parcial para obtenção do título de Mestre em Lazer.

A LUCTA DOS TITANS
A invenção da rivalidade entre Clube Atlético Mineiro e a Sociedade
Sportiva Palestra Itália: 1921 - 1942

Veja o Resumo e toda a pesquisa:

RESUMO
A proposta deste estudo foi compreender a construção histórica da rivalidade nos jogos
entre o Clube Atlético Mineiro e a Sociedade Sportiva Palestra Itália, na cidade de Belo
Horizonte, de 1921 até 1942. Procuramos entender como se teceu essa rivalidade e
como a fundação dessas equipes de futebol modificou o espaço e a dinâmica da cidade.
Por se tratar de um estudo histórico, nos fundamentamos, principalmente, nos estudos
de modernidade de Nicolau Sevcenko e nos trabalhos que, de alguma forma, tiveram o
futebol e a cidade de Belo Horizonte como tema de investigação. Tais estudos foram os
de Euclides Couto, Georgino Souza Neto, Letícia Julião, Rodrigo Moura, Raphael
Rajão, Marilita Rodrigues e Kellen Vilhena. Adotamos os jornais como fonte de
pesquisa, trabalhamos com periódicos da temporalidade pretendida e de anos anteriores
no intuito de subsidiar a construção do texto. Ao final, 231 reportagens jornalísticas
foram utilizadas. Tais documentos foram encontrados no Arquivo da Imprensa Oficial
do Estado de Minas Gerais, na Coleção Linhares da Universidade Federal de Minas
Gerais e na Hemeroteca Histórica da Biblioteca Pública Luiz de Bessa. Percebemos que
o crescimento exponencial dos espectadores nos seus jogos, a expectativa pré-jogos
trazida pelos jornais e, principalmente, o relato dos jogos, subsidiaram o entendimento
para qualificar essa partida como um clássico do futebol de Belo Horizonte.
Compreendemos que os jogos de futebol foram um dos espaços encontrados para o
povo se aglomerar e socializar. Com o tempo, a simples assistência das arquibancadas
evoluiu para o pertencimento clubístico, e esses torcedores tiveram nas camisas do
Atlético e do Palestra um dos representantes da rivalidade local.
Palavras-chave: futebol, rivalidade, Atlético Mineiro, Palestra Itália.




Lá consta o 9x2. E não consta o 14x3.

Uma teoria empírica que indica a existência do 9X2.
Em 2011 houve a histórica goleada de 6X1 do Cruzeiro para cima do Galo, maior goleada no clássico no século XXI.
O que aconteceu depois?!
Os brios atleticanos ficaram a flor da pele.
O Atlético a partir daquele resultado jogou pela sua honra, com atenção e coração.
Foi vice-campeão brasileiro em 2012.
Campeão da Libertadores em 2013.
Campeão da Copa do Brasil em 2014.

Está narrado nesse estudo que aconteceu o mesmo com o Palestra Itália que levou a goleada de 9x2.

A partir de então com os brios feridos, atenção e coração, não perderam um campeonato nos três anos que seguiram a goleada... O Palestra conseguiu ser tri-campeão antes do Atlético apesar do Galo ser 20 anos mais velho...

Tudo por causa daqueles 9x2.




E essa foto de jornal do Diário de Minas de 1921, mostrando os 14X3, hein?!
Que história é essa?!

Revista Placar, versão on-line (agora off-line) conta essa história:



Eu salvei a imagem já que o link da reportagem não existe mais, pois a revista Placar é do grupo abril, que está numa pindaíba danada, demitindo gente numa crise de credibilidade danada, o site da revista passou a integrar a uol do grupo folha...

Já abordei o assunto da crise de credibilidade da abril aqui: Meias verdades (Democratização da mídia)

Já abordei sobre esse Oligopólio Cartelizado das mídias aqui: Uma visão liberal sobre as grandes manifestações pelo país. (Os Oligopólios cartelizados)

Porém aqui, em um cache comunitário da internet, a matéria ainda está salva (não sei por quanto tempo, por isso salvei a imagem) https://archive.is/Of1ig

Esse site "Passion Libertadores", nascido em 2013 hoje virou "Passion futebol" e o link da notícia do 9x2 está aí:

https://www.pasionfutbol.com/noticias/El-dia-que-Atletico-Mineiro-arraso-a-Cruzeiro-por-9-2-20140315-0038.html


E aqui os comentários de usuários com a notícia dos 14X3:

https://www.pasionfutbol.com/fanaticos/Cruzeiro-x-Atletico-MG---A-maior-goleada-da-historia-do-classico-20140322-0023.html

https://www.pasionfutbol.com/fanaticos/Sigue-la-polemica-La-mayor-goleada-en-el-clasico-de-Minas-Gerais-20140316-0022.html


Aqui e aqui são os desmentidos no mesmo site sobre a notícia:

https://www.pasionfutbol.com/fanaticos/NOTA-DE-CONDENA-20140316-0027.html

https://www.pasionfutbol.com/fanaticos/La-farsa-Cruzeiro-nunca-gano-14---3-sobre-Atletico-Mineiro-20140316-0033.html


Mas a foto está aí!! Como explica-la?!
Me estranha o fato do Atlético não estar escrito Athletico, como naquela notinha mostrada de 1927...
E usando a estratégia do Cruzeirense do vídeo, a fonte também não é a mesma!...

Outra coisa que estranha e que todas as fontes/blogs que noticia esse resultado usando essa foto, todas foram escritas depois de 2011, quando começou a polêmica!!
TODAS!!

http://gutovictorino.blogspot.com.br/2015/01/cruzeiro-venceu-o-atletico-por-14-x-3.html
http://sports-net14.blogspot.com.br/2014/03/cruzeiro-x-atletico-mg-maior-goleada-da.html
http://cruzeirotorcedorofc.blogspot.com.br/2014/05/a-maior-goleada-do-cruzeiro-sobre-o.html




Junqueira, Valponi, Carneira, Tunga, Cambon, Avelino, Gabardo, Nascimento, Romeu, Carrazzo e Imparato.

Esse é o time da foto, apesar da notícia falar que é Scarpelli, Henriqueto, Polenta, Grande, Kalin, Checchino, Pederzoli, Parizi, Nani, Attilio e Armandinho.

Bom, o torcedor palmeirense, que nada tem a ver com essa história, se chegou até aqui, deve estar morrendo de rir...

Porque os Palmeirenses?!

Porque eles conhecem essas fotos aí da notícia...

A foto do time que está em cima é do Palestra Itália... Mas o Palestra Itália errado...
O Palestra Itália paulista que mudou o nome para Palmeiras e não para Cruzeiro.

A foto dos dois caras que estão aí embaixo, esse loirinho parece muito com um cara que já jogou com a camisa do Atlético/MG... Como era o nome dele mesmo?!... é.... é...

Ah!! Lembrei!! Ademir da Guia!!

Esse time da foto aí de cima não é o Cruzeiro, não ganhou do Galo de 14X3, mas sim, é verdade que participou da maior goleada da história de um clássico!!

Foi campeão paulista de 33, na campanha venceu o Corinthians por 8x0, até hoje a maior goleada daquele clássico... É lembrado com louvor pelos palmeirenses...

Olha aí...
http://palmeirasonline.com/palestra-enfia-8-no-corinthians-em-tarde-de-romeu/

Mas não será os palmeirenses que erraram e usaram uma foto do Cruzeiro para ilustrar sua campanha?!

Ué?!

Os palmeirenses todos?!
http://www.palmeiras.com.br/noticias/ler/1760-ha-80-anos-palestra-aplicava-maior-goleada-da-historia-no-rival--8-a-0

https://www.youtube.com/watch?v=10lgayCRQ5g&t=5m45s



http://palmeirasonline.com/campeao-paulista-1933/



http://renato-curse.blogspot.com.br/2012/02/palmeiras-um-pioneiro-no-futebol.html


Nessa apresentação de Slides feita por um palmeirense tem essa foto e mais algumas!!...










E essa outra foto aí embaixo? Não é a cara do Ademir da Guia?!
Mas o Ademir da Guia não jogou na década de 20 e nem de 30... Aliás ele nasceu em 1942... O que ele faria aí numa notícia de 1921 sobre a goleada de 14X3, logo abaixo do time de 33?!


Esse ao lado dele será que é o Djalma Dias, pai do Djalminha?!?
Será que é?! Ademir da Guia e Djalma Dias jogaram juntos....


Nesta linha de ataque de 1964, vemos, partindo da esquerda, Ademar Pantera, Servílio, Tupãzinho, Ademir da Guia e Gildo. Crédito: site palestrinos.com.br.
https://tardesdepacaembu.wordpress.com/tag/campeao-paulista-de-1963/page/2/

Parece... É ou não é?!?!
O que você acha?!
Djalma Dias?!

Não!!! Não é!!!

Errou!!!

Tcharam!!!

http://terceirotempo.bol.uol.com.br/que-fim-levou/ademir-da-guia-1630#photo-297
http://terceirotempo.bol.uol.com.br/que-fim-levou/nilo-1500#photo-12
Ademir da Guia, à esquerda, ao lado do saudoso Nilo no estádio Palestra Itália. A foto do querido Sarkis é de 1963


Esse ao lado do Divino chama-se Nilo! Um ponta esquerda que jogou no Palmeiras e no América do Rio, aquele time que tem três torcedores: O José Trajano, o Romário e o pai do Romário!!
(Brincadeirinha kombi de torcedores do América/RJ...)
Depois ele jogou no América Mineiro Também...
Outro time que só tem três torcedores: O Fernando Ângelo, o Ulbaldo e o Zé...
(Brincadeirinha kombi de torcedores do América/MG...)

A foto tirada em 1963 no estádio Palestra Itália.



Nilo Alves da Cunha, o Nilo, ponta-esquerda campeão carioca de 1960 pelo América, morreu no dia 20 de dezembro de 2006, em Nilópolis (RJ). 

Ele, que estava aposentado como jogador e como funcionário do Departamento de Tráfego do Jornal do Brasil, o JB, deixou um filho.

Começou a carreira no Bonsucesso do Rio, onde atuou pela primeira vez ao lado do goleiro Ari (os dois ainda seriam juntos campeões cariocas pelo América). Ele veio para o Palmeiras na mesma transação que trouxe Djalma Dias para o Palestra Itália, em 1962.

Pelo Palmeiras, Nilo atuou entre os anos de 1963 e 1964, realizou 50 jogos (33 vitórias, 13 empates e 4 derrotas) e marcou 16 gols. Depois do Verdão, Nilo foi para o América Mineiro e no Coelho atuou ao lado do zagueiro Aldemar.

O ex-ponta era conhecido por ter um "canhão" no pé esquerdo. Um gol de falta marcado "do meio da rua" no Botafogo do goleiro Manga, no Maracanã, não sai da memória dos americanos.

http://terceirotempo.bol.uol.com.br/que-fim-levou/nilo-1500

====

Caramba!! Filh@D@Put@!!!

Montagem descarada e grosseira!!
Mentira deslavada!!!

E será que ele imaginou que usando a foto do Ademir da Guia, grande craque conhecido que já vestiu a camisa do Galo ele iria nos enganar?!

O que?!

O que você disse?!?!

Ademir da Guia, o Divino,  nunca vestiu a camisa do Galo?!

Como não?! Está duvidando de mim?!
Acha que estou mentindo???
Acha que eu faço montagens?!??!

Olha aí....


http://terceirotempo.bol.uol.com.br/que-fim-levou/ademir-da-guia-1630#photo-175

http://terceirotempo.bol.uol.com.br/que-fim-levou/ademir-da-guia-1630#photo-206



Foi só um jogo amistoso em Muzambinho-MG e Ademir da Guia, no centro, vestiu a gloriosa camisa do Atlético-MG. À direita na foto está Jorge do Zé Ernesto (via site terceiro tempo)


Eu não falei que o Ademir da Guia foi ídolo do Galo...
Falei apenas que ele já tinha vestido a camisa do Galo...
Não menti e nem fiz montagens...
Para falar a verdade descobri isso enquanto procurava a foto do Ademir da Guia, do desconhecido que descobri ser o Nilo e daquele garotinho que até agora não sei quem é... Quem souber diga nos comentários... Hoje ele já deve ter passado dos 60 anos...

E a partir de agora vou, quando alguém me aparecer com essa montagem descarada dos 14X3, vou passar a ganhar uma aposta qualquer, pois eu vou apontar o dedo para o Ademir da Guia, vou falar que esse craque que já vestiu a camisa do Galo, o cara vai duvidar, eu vou apostar e ganhar a aposta!!

Hahahahahahahaha
Rssrsrsrsrsrsrsrsrsrsr
KKKKKKKKKKKK



Agora falando sério. O futebol é um esporte onde você tem 33% de ganhar, 33% de chances de perder e 34% de chances de empatar. O futebol moderno tem como novidade o domínio financeiro que desequilibra essas porcentagens. Futebol é coisa séria!... Meche com paixões.

Não dá para ficar inventando histórias.
Porque inventar histórias?!...

Esse post já cumpriu a sua missão de desmascarar a mentira,
a partir de agora é só provocações... podem desconsiderar:
Mas eu mereço, né?! Depois dessa pesquisa toda...


No Brasil existem 12 grandes times.
4 no Rio, 4 em São Paulo, 2 em Minas e 2 gaúchos. Todos sabem quais são...

O torcedor cruzeirense gosta de referir ao Atlético como time pequeno...
A psicologia explica isso...

O cara que não está satisfeito com o tamanho do seu próprio TIME, aponta o dedo para o TIME do outro, fala que ele é pequeno para sentir-se mais confortável com o tamanho do seu TIME.

Eu, particularmente, estou satisfeito com o tamanho do meu TIME.
Ele me dá alegrias e me faz sentir emoções, e não preciso dizer que Cruzeiro e Flamengo são pequenos para sentir-me confortável...

Histórico! Épico! Galo Campeão da Copa do Brasil 2014!



Aconselho você, torcedor cruzeirense, ao invés de inventar histórias, vá louvar o chute do Elivélton contra os peruanos... Vá louvar o desobediente Joãozinho que bateu a falta na frente do Nelinho contra os argentinos... Vá louvar o chute do Geovane no meio da barreira nos minutos finais contra os paulistas...

Vá dizer que no primeiro clássico, mesmo sendo um time principiante, mesmo o adversário sendo favorito por ser um time  já veterano,  ganhou de 3x0...

Não precisa roubar a façanha dos outros.

Ou você não está satisfeito com o tamanho do seu TIME?!
Ou não tiveram conquistas suficientes e precisam se gabar do que não fizeram?!

Criem vergonha na cara!

==============
Não deixem de ver também a Palestra no TEDx Nova Lima de Guilhermina Abreu:
Eu Acredito!!! Eu Acredito!!! Eu Acredito!!!



Eu Acredito | Guilhermina Abreu | TEDxNovaLima


==============

Para terminar e não dizerem que sou parcial (Mentira! Sou parcial sim),

Vou colocar mais dois pontos diferentes:

Uma matéria que desabona o Atlético/MG: A história do Cidinho "Bola nossa", um juiz trapaceiro, atleticano que roubava para o Galo. Desonestidade. O futebol não é isso e deve ser combatido.

E a listagem dos Posts que acompanha o escândalo do futebol brasileiro e as CPIs sobre a máfia do futebol.

Nós torcedores, de todas as equipes, de todas as arquibancadas, gerais ou cadeiras, de todos programas sócios-torcedor, temos que nos unir para extirpar do futebol esses bandidos, escrotos, ladrões, corruptos e fraudadores que aproveitam da nossa nobreza, da nossa atenção para o que acontece dentro das quatro linhas e metam a mão no nossos bolsos e nos bolsos dos nossos clubes para se enriquecerem ilegalmente.

Vamos parar de criar mentiras na internet e combater esses corruptos safados!!

=======================================

Cidinho "bola nossa"


Para com isso rapaz! O seu time é o único caso no mundo de "proprietário" de um plantel de juizes.
Leia e fique corado de vergonha:
Cidinho - O juiz "Bola Nossa"
Revista Placar
Durante anos o Atlético Mineiro se beneficiou da paixão de alguns juizes, especialmente para ajuda-lo. Não ter seu busto entronizado na sede de Atlético Mineiro é a grande mágoa de Cidinho. Não pertencer ao Conselho do clube é a queixa de Geraldo Fernandes. Não ser chefe da sua torcida é a reclamação de João Felix Junior. Suportar a fama de Quim-Quim Carijó chega a decepcionar Joaquim Gonçalves. Estes juizes reclamam uma recompensa do Atlético pelos anos de apito fiel. Todos confessam sua paixão pelo clube, mas juram também que jamais recebera dinheiro para ajudar o clube. Era um caso de amor desinteressado.
Nos 25 anos como juiz, Cidinho – Alcebíades de Magalhães Dias – escapou de muitos linchamentos e ganhou o apelido de Bola Nossa devido ao seu amor pelo Atlético Mineiro. Ele mesmo conta esta história – "Atlético e Botafogo jogavam na inauguração do estádio do Cruzeiro em 1949. Afonso e Santo Cristo disputavam a bola para saber de quem era o lateral. Quando o beque do Atlético me perguntou de quem era a bola, deixei escapar uma frase que me acompanhou para o resto da vida – É nossa, Afonso, a bola é nossa".
OentO entusiasmo foi tão grande que Santo Cristo saiu sorrindo e contou aos companheiros. Augusto Rocha, jornalista de O Veneno, ouviu tudo e no dia seguinte conseguiu vender mais de 2000 exemplares em Belo Horizonte com a seguinte manchete – O Galo pariu um rato.
Cidinho confessa que sempre foi assim desde do começo quando trocou o cargo de repórter da extinta Folha de Minas pelo apito parcial. Sua primeira atuação importante foi em um Atlético e América, jogo chave para decisão do titulo de 1945. E Cidinho relata – "Na primeira falta expulsei o ponta do América Fernandinho. A torcida do Atlético aplaudiu e eu me senti realizado".

Por causa da derrota, que lhe valeu a perda do campeonato, o America nunca perdoou Cidinho. Chegou a liderar, com o Cruzeiro, um movimento para expulsa-lo da Federação, mas não conseguiu. O Atlético era muito forte.
Por causa do Atlético, Cidinho tem o que talvez seja recorde mundial de trabalho em campo, quando Asas e Sete, dois times extintos, jogaram durante três horas e dez minutos, no campo do Cruzeiro. –"Ajeitei a situação para que o gol não saísse. O vencedor ia jogar três dias depois com o Atlético, e o negócio era cansar o adversário".

Num jogo entre Bela Vista e Siderurgica, cujo resultado interessava ao Atlético, Cidinho quase foi linchado em Sete Lagoas. O juiz queria o empate e os time queria a vitória. Venceu o juiz. Ele quase morreu. Entrou nos vestiários do Bela Vista e se enfiou no saco de camisas. O massagista do Siderúrgica não conseguiu encontra-lo. Outra vez em Barão de Cocais, Cidinho marcou um pênalti (?) contra o Metalusina aos 40 minutos do segundo tempo. O Atlético venceu com aquele gol, mas o juiz ficou no meio do campo cercado pela policia e só saiu as 3 horas madrugada. E só saiu vestido de cigana, conseguindo enganar a população enfurecida.
Geraldo Fernandes da Silva, outro juiz atleticano, é mais comedido em sua confissão: " Sempre estive ao lado da massa, mas nunca prejudiquei os adversários". No entanto, Antonio da Cunha Lobo, presidente do Cruzeiro em 1947, afirma que Geraldo foi responsável pelo bicampeonato atleticano naquele ano, valçidando um go em impedimento contra o então forte Vila Nova. Com a vitória do Atlético, o Cruzeiro perdeu as esperanças no titulo. Houve reunião do Conselho Deliberativo, protestos, ameaças do Cruzeiro. Mas tudo acabou com Geraldo Fernandes prestigiado na Federação Mineira.
O mesmo aconteceu com João Felix Junior num América x Atlético em 1950, quando a torcida viu o primeiro clássico no velho Estádio Independência.

- Foi falta ou impedimento ? Perguntou o atacante Vaguinho do América.

E João Felix virava constantemente a palma da mão. Não entendendo, Vaguinho voltou a perguntar e foi expulso por desrespeito a autoridade.

O juiz queria dizer que a bola era do Atlético, pois em sua mão estavam pintadas as cores do Atlético. Quando esta reportagem foi feita, João Felix Junior trabalho no Departamento de Futebol do Atlético como prêmio de consolação, quando foi obrigado a largar o apito depois de uma intensa campanha do América.

====================================


Sobre CBF/Globo/Corrupção no futebol/Acompanhando a CPI do Futebol:

KKK Lembra daquele desenho da motinha?! Kajuru, Kfouri, Kalil:
Eu te disse! Eu te disse! Mas eu te disse! Eu te disse! K K K

A prisão do Marin: FBI, DARF, GLOBO, CBF, PIG, MPF, PF... império Global da CBF... A sonegação do PIG... É Tudo um assunto só!!

Revolução no futebol brasileiro? O Fim da era Ricardo Teixeira. 

Videos com e sobre José Maria Marin - Caso José Maria MarinX Romário X Juca Kfouri (conta anonima do Justic Just ) 

Do apagão do futebol ao apagão da política: o Sistema é o mesmo


Acompanhando a CPI do Futebol - Será lúdico... mas espero que seja sério...

Acompanhando a CPI do Futebol II - As investigações anteriores valerão!

Acompanhando a CPI do Futebol III - Está escancarado: É tudo um assunto só!

Acompanhando a CPI do Futebol IV - Proposta do nobre senador: Que tal ficarmos só no futebol e esquecermos esse negócio de lavagem de dinheiro?!

Acompanhando a CPI do Futebol VII - Uma questão de opinião: Ligas ou federações?!

Acompanhando a CPI do Futebol VIII - Eurico Miranda declara: "A modernização e a profissionalização é algo terrível"!

Acompanhando a CPI do Futebol IX - Os presidentes de federações fazem sua defesa em meio ao nascimento da Liga...

Acompanhando a CPI do Futebol X - A primeira Liga começa hoje... um natimorto...

Acompanhando a CPI do Futebol XI - Os Panamá Papers - Os dribles do Romário - CPI II na Câmara. Vai que dá Zebra...

Acompanhando a CPI do Futebol XII - Uma visão liberal sobre a CBF!

Acompanhando a CPI do Futebol XIII - O J. Awilla está doido! (Santa inocência!)

Acompanhando a CPI do Futebol XIV - Mais sobre nosso legislativo do que nosso futebol





Especial: É tudo um assunto só!

Outro dia discutindo sobre as manifestações do dia 15, sobre crise do governo e a corrupção da Petrobrás eu perguntei a ele se tinha acompanhado a CPI da Dívida Pública. Então ele me respondeu: Eu lá estou falando de CPI?! Não me lembro de ter falado de CPI nenhuma! Estou falando da roubalheira... A minha intenção era dizer que apesar de ter durado mais de 9 meses e de ter uma importância ímpar nas finanças do país, a nossa grande mídia pouco citou que houve a CPI e a maioria da população ficou sem saber dela e do assunto... Portanto não quis fugir do assunto... é o mesmo assunto: é a política, é a mídia, é a corrupção, são as eleições, é a Petrobras, a auditoria da dívida pública, democracia, a falta de educação, falta de politização, compra de votos, proprina, reforma política, redemocratização da mídia, a Vale, o caso Equador, os Bancos, o mercado de notícias, o mensalão, o petrolão, o HSBC, a carga de impostos, a sonegação de impostos,a reforma tributária, a reforma agrária, os Assassinos Econômicos, os Blog sujos, o PIG, as Privatizações, a privataria, a Lava-Jato, a Satiagraha, o Banestado,  o basômetro, o impostômetro, É tudo um assunto só!...




A dívida pública brasileira - Quem quer conversar sobre isso?



Escândalo da Petrobrás! Só tem ladrão! O valor de suas ações caíram 60%!! Onde está a verdade?

A revolução será digitalizada (Sobre o Panamá Papers)


O tempo passa... O tempo voa... E a memória do brasileiro continua uma m#rd*


As empresas da Lava-jato = Os Verdadeiros proprietários do Brasil = Os Verdadeiros proprietários da mídia.

Desastre na Barragem Bento Rodrigues <=> Privatização da Vale do Rio Doce <=> Exploração do Nióbio



Sobre o mensalão: Eu tenho uma dúvida!



Trechos do Livro "Confissões de um Assassino Econômico" de John Perkins 

Meias verdades (Democratização da mídia)

Spotniks, o caso Equador e a história de Rafael Correa.

O caso grego: O fogo grego moderno que pode nos dar esperanças contra a ilegítima, odiosa, ilegal, inconstitucional e insustentável classe financeira.


Seminário Nacional - Não queremos nada radical: somente o que está na constituição.

Seminário de Pauta 2015 da CSB - É tudo um assunto só...

UniMérito - Assembleia Nacional Constituinte Popular e Ética - O Quarto Sistema do Mérito 

Jogos de poder - Tutorial montado pelo Justificando, os ex-Advogados Ativistas
MCC : Movimento Cidadão Comum - Cañotus - IAS: Instituto Aaron Swartz

A PLS 204/2016, junto com a PEC 241-2016 vai nos transformar em Grécia e você aí preocupado com Cunha e Dilma?!

A PEC 241. Onde as máscaras caem.

Seminário "O petróleo, o Pré-Sal e a Petrobras" e Entrevista de Julian Assange.

O que tenho contra banqueiros?! Operações Compromissadas/Rentismo acima da produção

Uma visão liberal sobre as grandes manifestações pelo país. (Os Oligopólios cartelizados)

PPPPPPPPP - Parceria Público/Privada entre Pilantras Poderosos para a Pilhagem do Patrimônio Público

Depoimento do Lula: "Nunca antes nesse país..." (O país da piada pronta)
(Relata "A Privataria Tucana", a Delação Premiada de Delcidio do Amaral e o depoimento coercitivo do Lula para a Polícia Federal)



As histórias do ex-marido da Patrícia Pillar

Foi o "Cirão da Massa" que popularizou o termo "Tattoo no toco"

A minha primeira vez com Maria Lúcia Fattorelli. E a sua?

As aventuras de uma premiada brasileira! (Episódio 2016: Contra o veto da Dilma!)  

A mídia é o 4° ou o 1° poder da república? (Caso Panair, CPI Times-Life)

O Mercado de notícias - Filme/Projeto do gaúcho Jorge Furtado

Quem inventou o Brasil: Livro/Projeto de Franklin Martins (O ex-guerrilheiro ouve música)

Eugênio Aragão: Carta aberta a Rodrigo Janot (o caminho que o Ministério público vem trilhando)


Luiz Flávio Gomes e sua "Cleptocracia"



Comentários políticos com Bob Fernandes. 

Quem vamos invadir a seguir (2015) - Michel Moore


Ricardo Boechat - Talvez seja ele o 14 que eu estou procurando...

Melhores imagens do dia "Feliz sem Globo" (#felizsemglobo)

InterVozes - Coletivo Brasil de Comunicação Social

Pedaladas Fiscais - O que são? Onde elas vivem? Vão provocar o impeachment da Dilma?

Como o PT blindou o PSDB e se tornou alvo da PF e do MPF - É tudo um assunto só!


Ajuste Fiscal - Trabalhadores são chamados a pagar a conta mais uma vez

Resposta ao "Em defesa do PT"

Sugestão inovadora, revolucionária, original e milagrosa para melhorar a trágica carga tributária brasileira.



Desastre em Mariana/MG - Diferenças na narrativa.

Quanto Vale a vida?!


Questões de opinião:

Eduardo Cunha - Como o Brasil chegou a esse ponto?



Sobre a Ditadura Militar e o Golpe de 64:

Dossiê Jango - Faz você lembrar de alguma coisa?


Comissão Nacional da Verdade - A história sendo escrita (pela primeira vez) por completo.


Sobre o caso HSBC (SwissLeaks):

Acompanhando o Caso HSBC I - Saiu a listagem mais esperadas: Os Políticos que estão nos arquivos.


Acompanhando o Caso HSBC II - Com a palavra os primeiros jornalistas que puseram as mãos na listagem.


Acompanhando o Caso HSBC III - Explicações da COAF, Receita federal e Banco Central.



Acompanhando o Caso HSBC V - Defina: O que é um paraíso fiscal? Eles estão ligados a que países? 


Acompanhando o Caso HSBC VI - Pausa para avisar aos bandidos: "Estamos atrás de vocês!"... 


Acompanhando o Caso HSBC VII - Crime de evasão de divisa será a saída para a Punição e a repatriação dos recursos


Acompanhando o Caso HSBC VIII - Explicações do presidente do banco HSBC no Brasil

Acompanhando o Caso HSBC IX  - A CPI sangra de morte e está agonizando...

Acompanhando o Caso HSBC X - Hervé Falciani desnuda "Modus-Operandis" da Lavagem de dinheiro da corrupção.



Sobre o caso Operação Zelotes (CARF):

Acompanhando a Operação Zelotes!


Acompanhando a Operação Zelotes II - Globo (RBS) e Dantas empacam as investigações! Entrevista com o procurador Frederico Paiva.



Acompanhando a Operação Zelotes IV (CPI do CARF) - Apresentação da Polícia Federal, Explicação do Presidente do CARF e a denuncia do Ministério Público.

Acompanhando a Operação Zelotes V (CPI do CARF) - Vamos inverter a lógica das investigações?

Acompanhando a Operação Zelotes VI (CPI do CARF) - Silêncio, erro da polícia e acusado inocente depõe na 5ª reunião da CPI do CARF.

Acompanhando a Operação Zelotes VII (CPI do CARF) - Vamos começar a comparar as reportagens das revistas com as investigações...

Acompanhando a Operação Zelotes VIII (CPI do CARF) - Tem futebol no CARF também!...

Acompanhando a Operação Zelotes IX (CPI do CARF): R$1,4 Trilhões + R$0,6 Trilhões = R$2,0Trilhões. Sabe do que eu estou falando?

Acompanhando a Operação Zelotes X (CPI do CARF): No meio do silêncio, dois tucanos batem bico...

Acompanhando a Operação Zelotes XII (CPI do CARF): Nem tudo é igual quando se pensa em como tudo deveria ser...

Acompanhando a Operação Zelotes XIII (CPI do CARF): APS fica calado. Meigan Sack fala um pouquinho. O Estadão está um passo a frente da comissão? 

Acompanhando a Operação Zelotes XIV (CPI do CARF): Para de tumultuar, Estadão!

Acompanhando a Operação Zelotes XV (CPI do CARF): Juliano? Que Juliano que é esse? E esse Tio?

Acompanhando a Operação Zelotes XVI (CPI do CARF): Senhoras e senhores, Que comece o espetáculo!! ("Operação filhos de Odin")

Acompanhando a Operação Zelotes XVII (CPI do CARF): Trechos interessantes dos documentos sigilosos e vazados.

Acompanhando a Operação Zelotes XVIII (CPI do CARF): Esboço do relatório final - Ainda terão mais sugestões...

Acompanhando a Operação Zelotes XIX (CPI do CARF II): Melancólico fim da CPI do CARF. Início da CPI do CARF II

Acompanhando a Operação Zelotes XX (CPI do CARF II):Vamos poupar nossos empregos 



Acompanhando o Governo Michel Temer

Acompanhando o Governo Michel Temer I