Magazine Luiza

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Antes do Oscar 2017 (depois de assistir os 9 concorrentes)













Outros post sobre filmes...


















Previsões do Cinema em Cena:
http://cinemaemcena.com.br/coluna/ler/2276/82-oscar-2017-previs%C3%B5es-finais


Amigos do Cinema em Cena,
há muito tempo não vivíamos uma temporada de Oscar tão previsível. Desde o princípio, La La LandMahershala Ali e Viola Davisestiveram na ponta de todas as premiações consideradas como termômetros da Academia (DGA, SAG, WGA, etc – escrevi um pouco sobre como antecipar os vencedores no início do ano). A última possibilidade de que algo pudesse sacudir a corrida, aliás, deixou de existir no final de janeiro, quando o PGA, que adota o mesmo sistema de voto preferencial do Oscar, também elegeu o longa de Damien Chazelle como o melhor do ano. Uma surpresa ainda pode ocorrer? Sempre pode, claro. Mas seria uma daquelas para entrar para a História.
(Para entender o sistema de voto preferencial, leia este artigo que escrevi para o Submarino há dois anos.)
Dito isso, vamos às previsões.
Filme
Vai vencerLa La Land.
Explicando a escolha: Venceu todos os principais prêmios, incluindo o PGA. Nas últimas semanas, começou a enfrentar um certobacklash – algo normal em qualquer corrida dominada por um filme do início ao fim -, mas não forte o bastante para que questionemos seu favoritismo. Para completar, o filme que tem o maior número de indicações tende a ser beneficiado e, neste caso,La La Land conta com a vantagem de ser recordista em indicações ao lado de Titanic e A Malvada (e ambos venceram o prêmio principal).
Qual seria meu voto: A Chegada.
Surpresa que me agradariaMoonlight.

Diretor 
Vai vencerDamien Chazelle (se isto se confirmar, será o vencedor mais jovem da História da categoria).
Explicando a escolha: Tornou-se o queridinho de Hollywood ao fazer um filme sobre... Hollywood. Além disso, se comportou exatamente como deveria durante a temporada, participando ativamente da campanha montada para o filme: compareceu a sessões especiais, foi às festas promovidas pelo estúdio, apertou as mãos de todo mundo e fez discursos corretos quando venceu outros troféus – incluindo o mais importante em termos de previsão desta categoria (o DGA).
Qual seria meu votoDenis Villeneuve, por A Chegada.
Surpresa que não me desagradaria: Barry Jenkins, por Moonlight.


Ator 
Vai vencerCasey Affleck.
Explicando a escolha: Esta é uma categoria que acabou se tornando surpreendentemente mais disputada em sua reta final. Até o SAG, conferido pelo sindicato dos atores, Casey Affleck vinha colecionando troféus – e foi aí que Denzel Washington começou a ganhar terreno, levando o SAG e passando a encabeçar várias listas. Há também o processo por abuso sexual enfrentado por Affleck há alguns anos e que criou uma contracorrente em sua jornada. A Academia vai optar por ignorar as questões pessoais do ator (lembrem-se: Mel Gibson foi indicado este ano)? Washington, como um veterano respeitado na indústria e que aqui dirigiu a própria performance, atrairá os votos daqueles que não acham que Affleck mereça vencer (por qualquer motivo)? Será que os dois podem dividir os votos e favorecer um terceiro candidato como Viggo Mortensen? Eu diria que, neste momento, as chances de cada um são 45-45-10. Porém, somando todos os prêmios acumulados até agora, Affleck ainda seria a aposta mais lógica.
Qual seria meu votoViggo Mortensen.

Atriz
Vai vencerEmma Stone.  
Explicando a escolha: A lógica é a mesma de Affleck: venceu prêmios precursores importantíssimos, superando aquela que, no início da temporada, todos julgavam como a vencedora inevitável (Natalie Portman). É claro que Isabelle Huppert conta com a admiração dos atores, que, afinal, compõem o maior braço da Academia (com quase 1.200 de seus 6.500 membros), mas e quanto aos outros votantes? Sim, há precedentes como Marion Cotillard, mas Huppert não foi tão presente nesta temporada quanto sua conterrânea foi na época de Piaf: Um Hino ao Amor (e aquele filme tampouco era tão controverso quanto Elle).
Qual seria meu votoRuth Negga, por Loving.
Surpresa que não me desagradaria: Isabelle Huppert.

Atriz Coadjuvante 
Vai vencerViola Davis.
Explicando a escolha: A aposta mais segura deste ano. Se eu tivesse dez milhões sobrando, colocaria tudo nesta categoria.
Qual seria meu votoMichelle Williams, que, com uma participação mínima em Manchester à Beira-Mar, evoca emoções complexas e intensas. Além disso, estas fraudes nas categorias do Oscar me irritam imensamente – e, assim como Alicia Vikander no ano passado (por A Garota Dinamarquesa), Davis deveria ser indicada como Melhor Atriz, não como coadjuvante. Isto é injusto com suas concorrentes, por melhor que ela seja e por mais brilhante que esteja em Fences (e ela é e está).
Surpresa que não me desagradariaNaomie Harris, por Moonlight.

Ator Coadjuvante 
Vai vencerMahershala Ali.
Explicando a escolha: Venceu tudo, fez discursos emocionantes e sua vitória seria politicamente importante (não só por pertencer a uma minoria, mas por ser muçulmano).
Qual seria meu votoMahershala Ali.
Surpresa que não me desagradaria: Jeff Bridges ou Michael Shannon.
Se vencer, eu mato um: Dev Patel, que é um bom ator, mas enfraquece terrivelmente Lion assim que toma conta do filme.


Roteiro Adaptado 
Vai vencerMoonlight.
Explicando a escolha: Venceu o WGA, mas por Roteiro Original. Como as regras da Academia para definir uma obra como adaptação são arbitrárias, acabou mudando de categoria aqui e tomando o lugar de A Chegada como favorito. Aliás, o único concorrente real de La La Land este ano é Moonlight e isto também aumenta suas chances aqui.
Qual seria meu votoA Chegada.
Se vencer, eu mato um: Qualquer um que não seja A Chegada.

Roteiro Original 
Explicando a escolha: Antes de ser respeitado como diretor, Kenneth Lonergan já era reconhecido por seu talento como dramaturgo e roteirista. Manchester à Beira-Mar é um filme com muitos fãs, mas poucas possibilidades reais de prêmios – o que o ajuda aqui. É claro que se La La Land fizer uma lavada nas outras categorias, o efeito manada poderá beneficiá-lo aqui, mas esta é sua categoria menos forte na disputa.
Qual seria meu votoO Lagosta.
Surpresa que não me desagradaria: A Qualquer Custo.
Se vencer, eu mato um: La La Land.

Filme Estrangeiro 
Vai vencerO Apartamento.
Explicando a escolha: Toni Erdmann era o favorito até um certo sr. Trump decidir banir os muçulmanos dos Estados Unidos. O Apartamento é o mais irregular dos filmes do gênio Asghar Farhadi (que já tem um Oscar), mas tornou-se o mais importante graças à época da premiação – e isto conta muito.
Qual seria meu votoToni Erdmann.

Animação 
Vai vencerZootopia.
Explicando a escolha: Dominou a temporada, incluindo os Annie Awards (a premiação voltada apenas para animações). E traz uma história politicamente relevante, de inclusão social.
Qual seria meu voto e surpresa possívelA Tartaruga Vermelha.

Fotografia 
Vai vencerLa La Land.
Explicando a escolha: Greig Fraser venceu o prêmio da categoria há apenas algumas semanas, mas três fatores o prejudicam no Oscar: o troféu da ASC é péssimo em antecipar a escolha da Academia; Lion não é um filme tão querido quanto La La Land e a lavada que este último tende a protagonizar praticamente exige a categoria de Fotografia.
Qual seria meu votoMoonlight.
Se vencer, eu mato um: Lion.

Design de Produção
Vai vencerLa La Land.
Explicando a escolha: Depois de Viola Davis como coadjuvante, esta é a aposta mais segura, já que La La Land é um filme construído a partir de seu visual. Claro que A Chegada poderia se beneficiar aqui com os votos de consolação, já que tende a sair de mãos abanando, mas... não, não acredito nisso.
Qual seria meu votoA Chegada.
Surpresa que não me desagradaria: Ave, César!.
Se vencer, eu mato um: Passageiros.

Figurino 
Vai vencerLa La Land.
Explicando a escolha: Aqui há uma corrida real. Sim, La La Land, como falei acima, se beneficia por depender muito de seu visual e também pelo fator “lavada”, mas Jackie venceu diversos prêmios importantes e, assim como A Chegada em Design de Produção, tem aqui uma de suas pouquíssimas chances reais de ganhar alguma coisa. Estou realmente dividido aqui: o bom senso me leva a apostar em La La Land levando tudo, já que é o favorito a tudo; o histórico da temporada me dirige a Jackie. Peraí, vou jogar uma moeda para cima. Droga, caiu em pé. Vou chutar, então.
Qual seria meu votoJackie.

Montagem 
Vai vencerLa La Land.
Explicando a escolha: Se um musical quer levar prêmio de Melhor Filme, tem que levar também Montagem. Foi assim comChicagoA Noviça RebeldeAmor Sublime Amor e Gigi, por exemplo. (Ok, mas não com My Fair Lady ou Oliver!.) Além disso, La La Land levou o prêmio do sindicato da categoria (ACE) como Comédia. A Chegada levou como Drama, mas não tem muitas chances no Oscar, ou seja...
Qual seria meu votoA Chegada.
Surpresa que não me desagradaria: Até o Último Homem.
Se vencer, eu mato um: Esse ano eu estou muito bonzinho, né? Não estou revoltado com ninguém, embora insista em dizer que La La Land é um dos filmes mais superestimados dos últimos 30 anos.

Maquiagem 
Vai vencerStar Trek: Beyond.
Explicando a escolha: Há apenas três candidatos e, de cara, não posso acreditar que a Academia tenha o desejo de permitir queEsquadrão Suicida possa exibir em seu currículo a frase “Vencedor do Oscar”. Já Um Homem Chamado Ove provavelmente não foi visto pela maior parte dos membros (se vencesse, seria um exemplo da Academia pensando fora da caixinha).   
Qual seria meu voto: Eu também não vi Um Homem Chamado Ove, então me absteria.
Se vencer, eu mato quinze: Esquadrão Suicida.

Trilha Sonora 
Vai vencerLa La Land.
Explicando a escolha: Não era para haver qualquer sombra de dúvida aqui: o trabalho de Mica Levi em Jackie é o mais ambicioso, corajoso e inovador do ano. Mas como você confere uma penca de prêmios a um musical sem reconhecer sua trilha sonora?
Qual seria meu votoJackie.
Se vencer, eu mato um: Qualquer um que não seja Jackie. O que é algo estranho de se dizer considerando o tema do filme.

Canção Original 
Vai vencerCity of Stars, de La La Land.
Explicando a escolha: De novo: como premiar um musical sem reconhecer suas músicas? E “City of Stars”, que não só é o carro-chefe de La La Land, mas também a síntese perfeita de como o filme é superestimado. Porque ô musiquinha chata da porra.
Qual seria meu voto“How Far I’ll Go”, de Moana.
Surpresa possível: Em teoria, as duas músicas de La La Land poderiam dividir votos, o que, somado ao fenômeno Lin-Manuel Miranda, poderia beneficiar Moana. Em teoria.
Se vencer, eu mato um: Digamos apenas que eu terei que matar um.

Som 
Vai vencerLa La Land.
Explicando a escolha: Esta é uma categoria na qual os musicais sempre são favoritos, mesmo que não o sejam no restante das categorias. E como La La Land é...
Qual seria meu votoA Chegada.

Edição de Som 
Vai vencerAté o Último Homem.
Explicando a escolha: Esta é uma categoria com ao menos dois concorrentes formidáveis: A Chegada Até o Último Homem. É claro que a ignorância a respeito do que está envolvido na Edição de Som pode favorecer La La Land – e é bom lembrar que, embora os indicados sejam escolhidos apenas pelos membros de cada braço da Academia, os vencedores são determinados portodos, mesmo por aqueles que não fazem ideia do que categorias muito técnicas fazem. Em contrapartida, de um ponto de vista puramente histórico, filmes de guerra tendem a se sair muitíssimo bem aqui.
Qual seria meu votoA Chegada.
Se vencer, eu mato um: La La Land.

Efeitos Visuais 
Vai vencerMogli: O Menino Lobo.
Explicando a escolha: A terceira aposta mais segura da noite.
Qual seria meu votoRogue One.
Surpresa que me agradaria: Kubo e as Cordas Mágicas.
Se vencer, eu mato um: La La LandHein? Não está competindo nesta categoria? Tem certeza? Então tá bom.

Documentário 
Vai vencerO.J.: Made in America.
Explicando a escolha: Cantei essa pedra no instante em que saí do cinema, no festival de Tribeca de 2016, depois de uma sessão de nove horas desta obra-prima. E nada me fez mudar de ideia a respeito de suas chances.
Qual seria meu votoO.J: Made in America.
Se vencer, eu mato um: Gosto de todos os indicados, mas este prêmio pertence a O.J.: Made in America. Ou ele vence ou eu farei por merecer um Pablito: Made in Brazil.

Curta Live Action 
Vai vencerEnnemis Interieurs.
Explicando a escolha: Basicamente, porque tem sido o mais falado dos cinco.
Qual seria meu voto: Vi apenas três dos curtas e não votaria.  

Curta Documentário 
Vai vencerWhite Helmets
Explicando a escolha: Esta é uma disputa entre três filmes: White HelmetsJoe’s Violin e Extremis. Este último é prejudicado por tratar de um assunto que os membros da Academia, com uma idade média mais elevada, podem julgar desagradável, ao passo que o segundo aborda um tema que o Oscar ama premiar (Holocausto). Mas White Helmets tem uma relevância política maior, lida com questões atuais e também conta com o mesmo fator que beneficia O Apartamento: o fato de o sr. Trump ter impedido que os heróis vistos no documentário compareçam à premiação.
Qual seria meu votoWhite Helmets.

Curta Animação 
Vai vencerPiper.
Explicando a escolha: É da Pixar e foi o mais visto dos cinco (por passar antes de Procurando Dory).
Qual seria meu voto: Só vi dois dos indicados e não votaria.

Um grande abraço e bom Oscar!

23 de Fevereiro de 2017


Especial: É tudo um assunto só!

Outro dia discutindo sobre as manifestações do dia 15, sobre crise do governo e a corrupção da Petrobrás eu perguntei a ele se tinha acompanhado a CPI da Dívida Pública. Então ele me respondeu: Eu lá estou falando de CPI?! Não me lembro de ter falado de CPI nenhuma! Estou falando da roubalheira... A minha intenção era dizer que apesar de ter durado mais de 9 meses e de ter uma importância ímpar nas finanças do país, a nossa grande mídia pouco citou que houve a CPI e a maioria da população ficou sem saber dela e do assunto... Portanto não quis fugir do assunto... é o mesmo assunto: é a política, é a mídia, é a corrupção, são as eleições, é a Petrobras, a auditoria da dívida pública, democracia, a falta de educação, falta de politização, compra de votos, proprina, reforma política, redemocratização da mídia, a Vale, o caso Equador, os Bancos, o mercado de notícias, o mensalão, o petrolão, o HSBC, a carga de impostos, a sonegação de impostos,a reforma tributária, a reforma agrária, os Assassinos Econômicos, os Blog sujos, o PIG, as Privatizações, a privataria, a Lava-Jato, a Satiagraha, o Banestado,  o basômetro, o impostômetro, É tudo um assunto só!...


A dívida pública brasileira - Quem quer conversar sobre isso?


Escândalo da Petrobrás! Só tem ladrão! O valor de suas ações caíram 60%!! Onde está a verdade?

A revolução será digitalizada (Sobre o Panamá Papers)


O tempo passa... O tempo voa... E a memória do brasileiro continua uma m#rd*


As empresas da Lava-jato = Os Verdadeiros proprietários do Brasil = Os Verdadeiros proprietários da mídia.

Desastre na Barragem Bento Rodrigues <=> Privatização da Vale do Rio Doce <=> Exploração do Nióbio



Sobre o mensalão: Eu tenho uma dúvida!



Trechos do Livro "Confissões de um Assassino Econômico" de John Perkins 

Meias verdades (Democratização da mídia)

Spotniks, o caso Equador e a história de Rafael Correa.

O caso grego: O fogo grego moderno que pode nos dar esperanças contra a ilegítima, odiosa, ilegal, inconstitucional e insustentável classe financeira.


Seminário Nacional - Não queremos nada radical: somente o que está na constituição.

Seminário de Pauta 2015 da CSB - É tudo um assunto só...

UniMérito - Assembleia Nacional Constituinte Popular e Ética - O Quarto Sistema do Mérito 

Jogos de poder - Tutorial montado pelo Justificando, os ex-Advogados Ativistas
MCC : Movimento Cidadão Comum - Cañotus - IAS: Instituto Aaron Swartz

A PLS 204/2016, junto com a PEC 241-2016 vai nos transformar em Grécia e você aí preocupado com Cunha e Dilma?!

A PEC 241. Onde as máscaras caem.

Seminário "O petróleo, o Pré-Sal e a Petrobras" e Entrevista de Julian Assange.

O que tenho contra banqueiros?! Operações Compromissadas/Rentismo acima da produção

Uma visão liberal sobre as grandes manifestações pelo país. (Os Oligopólios cartelizados)

PPPPPPPPP - Parceria Público/Privada entre Pilantras Poderosos para a Pilhagem do Patrimônio Público

Depoimento do Lula: "Nunca antes nesse país..." (O país da piada pronta)
(Relata "A Privataria Tucana", a Delação Premiada de Delcidio do Amaral e o depoimento coercitivo do Lula para a Polícia Federal)



As histórias do ex-marido da Patrícia Pillar

Foi o "Cirão da Massa" que popularizou o termo "Tattoo no toco"

A minha primeira vez com Maria Lúcia Fattorelli. E a sua?

As aventuras de uma premiada brasileira! (Episódio 2016: Contra o veto da Dilma!)  

A mídia é o 4° ou o 1° poder da república? (Caso Panair, CPI Times-Life)

O Mercado de notícias - Filme/Projeto do gaúcho Jorge Furtado

Quem inventou o Brasil: Livro/Projeto de Franklin Martins (O ex-guerrilheiro ouve música)

Eugênio Aragão: Carta aberta a Rodrigo Janot (o caminho que o Ministério público vem trilhando)


Luiz Flávio Gomes e sua "Cleptocracia"



Comentários políticos com Bob Fernandes. 

Quem vamos invadir a seguir (2015) - Michel Moore


Ricardo Boechat - Talvez seja ele o 14 que eu estou procurando...

Melhores imagens do dia "Feliz sem Globo" (#felizsemglobo)

InterVozes - Coletivo Brasil de Comunicação Social

Pedaladas Fiscais - O que são? Onde elas vivem? Vão provocar o impeachment da Dilma?

Como o PT blindou o PSDB e se tornou alvo da PF e do MPF - É tudo um assunto só!


Ajuste Fiscal - Trabalhadores são chamados a pagar a conta mais uma vez

Resposta ao "Em defesa do PT"

Sugestão inovadora, revolucionária, original e milagrosa para melhorar a trágica carga tributária brasileira.



Desastre em Mariana/MG - Diferenças na narrativa.

Quanto Vale a vida?!


Questões de opinião:

Eduardo Cunha - Como o Brasil chegou a esse ponto?



Sobre a Ditadura Militar e o Golpe de 64:

Dossiê Jango - Faz você lembrar de alguma coisa?


Comissão Nacional da Verdade - A história sendo escrita (pela primeira vez) por completo.


Sobre o caso HSBC (SwissLeaks):

Acompanhando o Caso HSBC I - Saiu a listagem mais esperadas: Os Políticos que estão nos arquivos.


Acompanhando o Caso HSBC II - Com a palavra os primeiros jornalistas que puseram as mãos na listagem.


Acompanhando o Caso HSBC III - Explicações da COAF, Receita federal e Banco Central.



Acompanhando o Caso HSBC V - Defina: O que é um paraíso fiscal? Eles estão ligados a que países? 


Acompanhando o Caso HSBC VI - Pausa para avisar aos bandidos: "Estamos atrás de vocês!"... 


Acompanhando o Caso HSBC VII - Crime de evasão de divisa será a saída para a Punição e a repatriação dos recursos


Acompanhando o Caso HSBC VIII - Explicações do presidente do banco HSBC no Brasil

Acompanhando o Caso HSBC IX  - A CPI sangra de morte e está agonizando...

Acompanhando o Caso HSBC X - Hervé Falciani desnuda "Modus-Operandis" da Lavagem de dinheiro da corrupção.



Sobre o caso Operação Zelotes (CARF):

Acompanhando a Operação Zelotes!


Acompanhando a Operação Zelotes II - Globo (RBS) e Dantas empacam as investigações! Entrevista com o procurador Frederico Paiva.



Acompanhando a Operação Zelotes IV (CPI do CARF) - Apresentação da Polícia Federal, Explicação do Presidente do CARF e a denuncia do Ministério Público.

Acompanhando a Operação Zelotes V (CPI do CARF) - Vamos inverter a lógica das investigações?

Acompanhando a Operação Zelotes VI (CPI do CARF) - Silêncio, erro da polícia e acusado inocente depõe na 5ª reunião da CPI do CARF.

Acompanhando a Operação Zelotes VII (CPI do CARF) - Vamos começar a comparar as reportagens das revistas com as investigações...

Acompanhando a Operação Zelotes VIII (CPI do CARF) - Tem futebol no CARF também!...

Acompanhando a Operação Zelotes IX (CPI do CARF): R$1,4 Trilhões + R$0,6 Trilhões = R$2,0Trilhões. Sabe do que eu estou falando?

Acompanhando a Operação Zelotes X (CPI do CARF): No meio do silêncio, dois tucanos batem bico...

Acompanhando a Operação Zelotes XII (CPI do CARF): Nem tudo é igual quando se pensa em como tudo deveria ser...

Acompanhando a Operação Zelotes XIII (CPI do CARF): APS fica calado. Meigan Sack fala um pouquinho. O Estadão está um passo a frente da comissão? 

Acompanhando a Operação Zelotes XIV (CPI do CARF): Para de tumultuar, Estadão!

Acompanhando a Operação Zelotes XV (CPI do CARF): Juliano? Que Juliano que é esse? E esse Tio?

Acompanhando a Operação Zelotes XVI (CPI do CARF): Senhoras e senhores, Que comece o espetáculo!! ("Operação filhos de Odin")

Acompanhando a Operação Zelotes XVII (CPI do CARF): Trechos interessantes dos documentos sigilosos e vazados.

Acompanhando a Operação Zelotes XVIII (CPI do CARF): Esboço do relatório final - Ainda terão mais sugestões...

Acompanhando a Operação Zelotes XIX (CPI do CARF II): Melancólico fim da CPI do CARF. Início da CPI do CARF II

Acompanhando a Operação Zelotes XX (CPI do CARF II):Vamos poupar nossos empregos 


Sobre CBF/Globo/Corrupção no futebol/Acompanhando a CPI do Futebol:

KKK Lembra daquele desenho da motinha?! Kajuru, Kfouri, Kalil:
Eu te disse! Eu te disse! Mas eu te disse! Eu te disse! K K K


A prisão do Marin: FBI, DARF, GLOBO, CBF, PIG, MPF, PF... império Global da CBF... A sonegação do PIG... É Tudo um assunto só!!



Revolução no futebol brasileiro? O Fim da era Ricardo Teixeira. 




Videos com e sobre José Maria Marin - Caso José Maria MarinX Romário X Juca Kfouri (conta anonima do Justic Just ) 





Do apagão do futebol ao apagão da política: o Sistema é o mesmo


Acompanhando a CPI do Futebol - Será lúdico... mas espero que seja sério...

Acompanhando a CPI do Futebol II - As investigações anteriores valerão!

Acompanhando a CPI do Futebol III - Está escancarado: É tudo um assunto só!

Acompanhando a CPI do Futebol IV - Proposta do nobre senador: Que tal ficarmos só no futebol e esquecermos esse negócio de lavagem de dinheiro?!

Acompanhando a CPI do Futebol VII - Uma questão de opinião: Ligas ou federações?!

Acompanhando a CPI do Futebol VIII - Eurico Miranda declara: "A modernização e a profissionalização é algo terrível"!

Acompanhando a CPI do Futebol IX - Os presidentes de federações fazem sua defesa em meio ao nascimento da Liga...

Acompanhando a CPI do Futebol X - A primeira Liga começa hoje... um natimorto...

Acompanhando a CPI do Futebol XI - Os Panamá Papers - Os dribles do Romário - CPI II na Câmara. Vai que dá Zebra...

Acompanhando a CPI do Futebol XII - Uma visão liberal sobre a CBF!

Acompanhando a CPI do Futebol XIII - O J. Awilla está doido! (Santa inocência!)

Acompanhando a CPI do Futebol XIV - Mais sobre nosso legislativo do que nosso futebol



Acompanhando o Governo Michel Temer

Acompanhando o Governo Michel Temer I