Magazine Luiza

sábado, 16 de setembro de 2017

Exposição artística, Geração Coca-cola e as Historias contadas via Faroeste Caboclo.





Minha esposa ficou horrorizada com a história da exposição fechada do banco Santander.

Ela especificamente com a parte da exposição ter sido fechada devido a truculência de uma parte da população censuradora.

Outras esposas por aí ficaram horrorizadas com a exposição, com o seu conteúdo.

Eu, pertencente à geração Coca-Cola, (aqueles que eram jovens no final dos anos 80/ início dos anos 90) não fico mais horrorizado com censura à artes. A diferença agora é perceber que a censura que era feita pelo governo e agora é feita pela própria sociedade.  Ou parte da saciedade.

Vai ver que são parte da mesma geração que na época era governo, hoje já não é, fazem parte da sociedade. Dessa história eu ri muito dessa obra de arte dos memes:





Todo mundo que faz parte da "Geração Coca–Cola" tem uma história pessoal para contar sobre a música Faroeste Caboclo. Quem dessa geração não sonhou em fazer um filme com o enredo do Faroeste Caboclo, hein?

 Eu vou contar duas histórias minhas.


Era final dos anos 80, a  democracia recém reconquistada, os militares entregaram o país para um moribundo e a história da tragédia greco-brasileira conta que o presidente civil que terminaria os 21 anos do pesadelo da ditadura estadunidense–militar morre logo após ser empossado e Sarney, primeiro dos três vices-presidentes do PMDB a se tornar presidente assume.

Em 88 seu companheiro de partido Ulisses Guimarães  promulga a constituição cidadã, disse que estava valendo, mas até hoje não conseguimos cumpri-la em sua integridade . (Veja aqui e aqui)

Se até hoje quase 30 anos não conseguimos fazer valer a constituição cidadã imagina nos seus primeiros anos de vigência?!

Faroeste Caboclo começou a tocar nas rádios e virou sucesso imediato  na voz dos jovens que a cantavam a plenos pulmões principalmente a parte de seus palavrões.

E que vamos combinar não eram tantos assim, são só dois: tem um “cú na mão” aí no meio (no meio da música que estou falando) e um “filho da puta” no final da música.

Pouco tempo depois que ela começou a tocar nas rádios uma nova versão da música com os palavrões cortados foram entregues para as rádios e somente essa versão editada poderia ser tocada.

As duas edições eram grosseiras. Na parte do filho da puta o “olha pra cá” foi repetido, ainda dava para ouvir o finalzinho do filho da puta, ficou :

“...olha pra cá, olha pra cá, ta sem vergonha...”

Já o “cú na mão” foi simplesmente cortado sem se importar com a frase que ficou no meio ou o ritmo da música prejudicada  (essa música era usada como exemplo para rebater as críticas de que as elaborações harmônicas do Legião Urbana usava só três arcodes).

Na época pré-internet para piratearmos músicas usávamos fitas cassetes e ficávamos com os dedinho nos botões Play-Rec  (para gravar tinha que apertar os dois juntos) e gravávamos a música desde o início. O problema da época era que a maioria tinha a versão da música com as grosseiras edições. Uma gravação com a versão “sem cortes” valia ouro. Um vizinho. que morava na mesma rua que eu, tinha e estrei na fila para pedir a fita emprestada por um dia. (Homenagem a esse meu vizinho que não lerá esse post, não está mais entre nós, morreu num acidente de trânsito; ele a pé foi atravessar uma BR correndo e calculou mal).

Faroeste Caboclo era a quinta música da fita. Infinita Highway (versão ao vivo do disco alívio imediato) era a terceira. Confesso que fiquei mais impressionado com o chiclet de menta ao invés de Beijo na boca do Humberto Gessinger(que até entãonão tinha escutado) do que com a história do João de Montecristo.

Mas ao entregar a fita para elogiar a música eu disse:

- Gravei o Faroeste Caboclo, que que foda essa versão da música do Lulu Santos que tem antes dela, hein?!...

Pois é... Confesso que confundi Engenheiros do Hawaii com  Lulu Santos. Já contei essa história para a lista de discussão dos Engenheiros do Hawaii, na época que não existia Facebook e usávamos lista de discussão para debater os temas na Internet....



Um tempo depois passando férias nas praias do Espírito Santo
(mania incorrigível de mineiros, quem sabe se o Bolsonaro ganhe as eleições, cumpra essa promessa de campanha nós paramos com essa mania

Estado de Minas - 14/09/2017 : Jair Bolsonaro promete aos mineiros saída para o mar
http://www.em.com.br/app/noticia/politica/2017/09/14/interna_politica,900614/bolsonaro-promete-aos-mineiros-saida-para-o-mar.shtml

Hoje em dia - 14/09/2017 - Bolsonaro desembarca em Confins e fala até em 'abrir saída de Minas para o mar'; assista ao vídeo
http://hojeemdia.com.br/primeiro-plano/bolsonaro-desembarca-em-confins-e-fala-at%C3%A9-em-abrir-sa%C3%ADda-de-minas-para-o-mar-assista-ao-v%C3%ADdeo-1.559238
)

passando férias com meu primo
( esse ainda está vivo, é meu primo e não do Aécio
Yahoo notícias - 18/05/2017: 'Tem que ser um que a gente mata', afirmou Aécio sobre receptor de propina
https://br.noticias.yahoo.com/tem-que-ser-um-que-gente-mata-afirmou-aecio-sobre-receptor-de-propina-131606708.html

Noticias ao Minuto - 18/05/2017: 'A gente mata ele antes de fazer delação', disse Aécio sobre primo
https://www.noticiasaominuto.com.br/politica/388612/a-gente-mata-ele-antes-de-fazer-delacao-disse-aecio-sobre-primo
)

Ele adorava contar para todo mundo as histórias  que ele conhecia ouvindo as músicas sertanejas que ele escutava no interior de Minas. Contava a história do menino da porteira, da vaca estrela, do filho adotivo, aquela história do pai que pôs o avó para fora da casa e deu a ele uma coberta, o neto correu e pediu metade da coberta para o avô. O avô deu e o pai quis saber porque ele fez esse pedido já que o filho tinha coberta em casa e ele respondeu que não era para si próprio era para quando ele se tornasse adulto e o pai velho e quando ele fosse mandar o pai sair de casa ele entregaria essa metade de coberta....

Pois bem... Depois de ouvir essas histórias todas resolvi contar a história do João de Montecristo para ele. Contei a história inteira na versão com palavrões. Quando ele morreu no duelo, contei que o povo não acreditou na história que eles viram na TV e que João não conseguiu fazer o que planejava que era falar com os políticos de Brasília sobre a população que só faz sofreeeeer....

Meu primo com os olhões arregalados me disse que as histórias que ele me contava ele ouviu de música. E respondi:
-Uai, quer ouvir a música dessa história?

E peguei a tal fita com a versão completa da música...
Foram centenas de vezes que a fita tocou a música naqueles 15 dias de férias...




Esse meu primo ainda curte sertanejo, virou veterinário e cuida da criação no interior de minas. posso dizer que ele se tornou um pouquinho Geração coca-cola.

Assim como existem andando entre nós uma parte da galera que achou melhor tirar o "cú na mão" e o "filho da puta" a música, o restante da Geração coca-cola também está por aí na forma de jornalistas, políticos, médicos, analistas de sistemas ou artistas mesmo.

A mania de contar histórias com a música permanece.

A galera do site BHAZ ( http://bhaz.com.br/ ) já tem mais de uma dezena de paródias do Faroeste Caboclo contando algumas histórias de personagens de Brasília, esses que o João de Montecristo não conseguiu conversar em vida, além de personagens literários (bem, nem tanto literário assim: é o Harry Poter!! Minha esposa bibliotecária fica de cabelo em pé com essa arte, aí já é com o conteúdo!! :-) Se você for no site e procurar pela "tag" Faroestes vocÊ vai encontrar só seis...
Algumas eles não mostram mais...
Duas delas vou mostrar aqui: Uma é para o primo do Fred, na época em que ele ainda era a esperança de salvar a nação das garras do PT(após ser o segundo no primeiro turno antes de ser o segundo no segundo turno ), antes dele virar o primo do Fred.

Essa não aparece mais no site...
Outra que não aparece mais é a do Lula, feito ainda em 2013, começa bem, mas não sabe como terminar, na época pré-lava-jato o personagem anti-Lula é o Joaquim Barbosa e não o Sérgio Moro...
Nesse tem o "cú na mão" e o "filho da puta"...

Outras paródias são propaganda de anunciantes do site.

Vou colocar aqui as paródias todas, inclusive essas que o site "se arrependeu depois"! :-)

Paródia é arte... Vocês que querem censurar.... que vão se fudeeeeeeeeeerrr.... eêeêr!....
Faroeste Caboclo - Versão para Lula (Faroeste Caboclo II - Bhaz)


AÉCIO NEVES CABOCLO - PARÓDIA DO LEGIÃO URBANA



Faroeste Caboclo IV - História da história da Petrobras


Faroeste Caboclo V - Eike Batista


Produção: Portal Bhaz
Letra: Pedro Guadalupe e João Basílio

Letra da música:

Não tinha medo esse tal Eike Batista
Era o que todos diziam quando ele apareceu
É brasileiro, nascido em Valadares
Mas em vez de ir pros States, foi pra solo europeu

A sua mãe era alemã e foi exemplo
de autoestima e disciplina, disse em um livro seu
E o seu pai era um famoso presidente
da Vale do Rio Doce, liderança ele aprendeu

Com seus 18 ele vendia seguros
ralando de porta em porta, sempre a negociar
Sua família retornou para o Brasil
Mas o Eike lá ficou pra engenharia estudar

Ele queria na verdade trabalhar
Pra faculdade ele não voltou mais não
Pegou dinheiro emprestado pra tentar
Novo projeto com uma grande ambição

Foi pra Amazônia pra comprar e vender ouro
21 anos de idade, ele já enriqueceu
Foram ao todo mais de 6 milhões de dólares
Que essa empreitada na floresta lhe rendeu

Ele entendia como tudo funcionava
Quanto mais investimento, maior a produção
Gastou dinheiro investindo em maquinário
E agora faturava por mês mais de milhão

E de mil novecentos e oitenta
Até os anos dois mil, muito ouro extraiu
Com oito minas em operação
Canadá, Brasil e Chile, o sucesso conseguiu

Dizia ele: “Vou vender as minhas minas
pra ter mais grana e poder aplicar
Sou criativo, tenho grandes planos
Essa fortuna eu vou multiplicar”

Não demorou, recebeu uma proposta
agora com o negócio tinha 1 bilhão
Ele ficou muito empolgado com o futuro
E no minério de ferro concentrou sua atenção

Meu Deus, eu amo essa vida!
Virei o símbolo de sucesso da nação
Além de ser casado com uma mulher linda
Era a Luma de coleira sua ostentação

E a carreira ia na velocidade
da Ferrari e da lancha do feroz investidor
Sua mineradora MMX
com um ano aumentou demais o seu valor

Mineração é um ótimo negócio
E já que posso, vou segmentar
Eu vou criar pra mim uma cadeia
que se sustente, e mais eu vou lucrar

O ponto-chave do projeto era o petróleo
O negócio do momento, não tem jeito de falhar
Muitas promessas, muito lobby e propina
Para autorizações e licenças arrumar

Mas ele não queria mais conversa
E decidiu que era a hora, ele tinha que arriscar
Elaborou mais uma vez um powerpoint
E levou o seu projeto pra na bolsa ofertar

Logo, logo, todas as celebridades
Souberam da novidade
Nova Forbes vem aí
Eike Batista apareceu na lista
ultrapassando muitos bilionários dali

Fez amigos, com políticos brindava
Dava festa no iate, com seu filho a tocar
Mas de repente
Sob a má influência de uma crise estrangeira
viu a sorte mudar

Já em 2008 ele dançou
E uma queda monstruosa teve que amargar
Pro mercado um recado ele mandou
Vocês vão ver o X multiplicar!

O Eike cada vez era mais visto
Bem vestido e convencido, na coluna social
Era o exemplo de empresário destemido
Com ajuda do Governo, se mantinha o maioral

Foi quando novamente ele fez
uma rodada de ofertas na Bovespa e não foi mal
Aos acionistas Eike prometia
até um trilhão de dólares de potencial

Ele dizia: “Nós vamos explorar
Todo o pré-sal para um gigante ser
Um relatório aponta que tem lá
Petróleo para o mundo abastecer”

O tempo passa e um dia vem à tona
Uma nova estimativa após perfuração
A reserva de petróleo encontrada
Era menos de um quarto, não fechava a equação

O seu fiasco foi capa de jornal
A promessa fracassada de exploração
E até então nenhuma gota de petróleo
tinha sido extraída, que decepção

E cada vez ele ficava mais em casa
Junto com seus cães de guarda e um carro de estimação
A todo tempo tinha um ódio no olhar
com quem lhe disse: “Você é um grande charlatão”

Você vendeu pra todo mundo uma ilusão
Você vendeu pra todo mundo uma ilusão
o seu castelo está em demolição
até o seu cabelo é enganação

E quanto a desgraça tá por perto
Nada fica tão ruim que não possa piorar
Seu primogênito um dia atropelou
Um ciclista que morreu, nem parou pra ajudar

Eike Batista não perdia a fé contudo
e dizia que em breve tudo ia melhorar
Mas as empresas muito pouco produziam
e as dívidas enormes a se acumular

A sua grande amizade com políticos
ainda era uma mina a se explorar
Sérgio Cabral era governador do Rio
e a Copa era uma chance dele golear

Mas a disputa que a gente viu depois
foi com a Justiça sempre a se aproximar
A Lamborghini e a Ferrari ele perdeu
Quando o juiz achou prudente confiscar

O Eike então queimou suas ações
E as participações nas empresas que criou
Vendeu a preço de banana o que podia
Para a turma da Arábia que tudo comprou

Mas Eike não jogou a toalha
pra 2017 ele planejou
lançar a sua pasta de dente
pra você sorrir igual ao empreendedor

Eike Batista não sabia o que fazer
Quando viu o repórter da televisão
Dizendo que Sérgio Cabral foi pra DP
Por praticar atos de corrupção

Na quinta, por volta das sete horas
A PF sem demora, um mandado foi cumprir
Porem não acharam Eike em casa
Ele estava viajando, se mandou dali

A imprensa com sangue na garganta
Começou a especular que ele estava a fugir
Já que tem dupla-cidadania,
Se fosse pra alemanha, nada iria o atingir

E se lembrou de quando era uma criança
E de tudo que vivera até ali
E decidiu entrar de vez naquela dança
Se a via-crúcis virou circo, estou aqui

Então seu advogado
disse que Eike Batista ia obedecer
se era justo, ele ia ver depois
o importante é a calma manter

Embarcou em Nova York e no Rio a polícia
fui buscá-lo lá no Galeão
se entregou e teve a cabeça raspada
e agora o grande medo é a tal da delação

Eike Batista está marcado como um homem
que foi intenso na alegria e na dor
Sua coragem e ambição tiveram preço
De uma altura muito grande despencou

O povo declarava que com todos os seus erros
Todos tinham que reconhecer
Que o Eike era movido a ousadia, e o gosto da vitória
ele não ia perder

Eike Batista era mesmo tudo ou nada
De um império pra cadeia onde vai sofrer
Pois nem direito a ter cela especial
ele vai ter, a faculdade ele não quis… fazer

Homenagem Especial - Silvio Santos Faroeste Caboclo by Top de Marcas Brasil




Faroeste Caboclo VI - Ambev - Lemann, Telles e Sicupira


Faroeste Caboclo VI – Lemann, Telles e Sicupira (Ambev)

Não tem receio esse trio brasileiro
É o que todos sempre dizem a cada negócio seu
Com ousadia, Lemann, Telles, Sicupira
construíram o império que o mundo conheceu

Quando criança, o carioca Jorge Lemann
que era filho de suíços estudava em inglês
Sua família era muito abastada
e a cultura do sucesso a sua cabeça fez

Jogando tênis, já queria ser primeiro
pois até a Copa Davis ele veio a disputar
O seu perfil de competitividade
ele trouxe pros negócios, só entrava pra ganhar

Sua primeira investida foi comprar
A corretora de valores Garantia
1971
É esse o ano em que tudo se inicia

A Garantia premiava os funcionários
dando bonificações pra quem mais se dedicou
E os dois melhores empregados da empresa
Jorge Lemann viu surgindo e pra sócios convidou

Agora o trio Lemann, Telles, Sicupira
fazia crescer o banco, aumentar o seu valor
E com os olhos no mercado financeiro
procurava outras chances para ser investidor

82, a Lojas Americanas
tava com dificuldades, foram lá comprar
89, mais uma tacada, a cervejaria Brahma
conseguiram comandar

Cada sócio cuidava de uma empresa
os três negócios sempre a prosperar
Americanas, Brahma e Garantia
nas mãos de quem sabe administrar

98, o banco Garantia
foi vendido e gerou um grande capital
Então criaram a GP Investimentos
para diversificar a presença nacional

Ações de empresa de logística
Da construtora Gafisa e Telemar
Mas a cerveja era a menina dos seus olhos
e agora era a vez de mais ali focar

Todos os dias, no campo ou na cidade
no bar ou no churrasco, no frio ou no calor
O brasileiro nunca fica sem cerveja
Ela é a número 1, foi Romário que mostrou

E a Brahma cada vez mais investia
No Carnaval estava sempre lá
Celebridades formavam uma fila
pra conseguir no camarote entrar

E na empresa todo mundo trabalhava
Muito lucro, muita grana sempre a entrar
Mas o mercado era um grande desafio
sua grande concorrente tinha força pra brigar

Então chamaram os rivais pruma conversa
e depois anunciaram que acabavam de comprar
A Companhia Antarctica Paulista
Suas marcas de cerveja e também o guaraná

Logo logo os butequeiros da cidade souberam da novidade
A Ambev vem aí!
A nova empresa já nascia gigante
Mais de 70% do mercado daqui

Liderança leste oeste, sul e norte
Um domínio assim tão forte dá pra preocupar
Por isso o CADE exigiu que a empresa
não ficasse com a Bavaria nem com a Polar

Mas essa decisão não afetou
o projeto ambicioso que o trio fez
O Brasil já tá todo dominado
Resto do mundo, eu vou pegar vocês

Ambev tinha as marcas mais vendidas
cada vez mais consumidas no cenário nacional
Não tinha concorrente no mercado
e entrar noutros países era o próximo degrau

2004, teve início uma conversa
Com os belgas que faziam a Stela Artois
E a fusão com a Interbrew virou Inbev
Um negócio que exigiu muito cuidado pra contar

Os marqueteiros decidiram divulgar
Que a maior do mundo ia nascer
Se são os belgas que estão a comprar
a Ambev, ninguém precisa saber

O tempo passa e um dia uma denúncia
na Justiça do Trabalho tem repercussão
E depois dela muitos outros empregados
reclamando de sofrer excesso de pressão

“O que vocês chamam de assédio moral
para nós é um estímulo pra ambição
O nosso lema é a meritocracia
É mentira essa história de humilhação”

“E quem quiser trabalhar aqui com a gente
sabe que só vai crescer se tiver dedicação
Se for esperto, você pode chegar longe, se não for
você perdeu a grande chance, meu irmão”

“Nosso segredo é uma boa gestão
Nosso segredo é uma boa gestão
Não envolvemos com treta, corrupção
Fazemos tudo com estratégia e discrição”

Nos Estados Unidos, bem discreto
esse trio estava perto de conseguir comprar
mais um gigante da indústria cervejeira
uma empresa centenária de gestão familiar

A Budweiser recusava o dinheiro
não queria um estrangeiro para a marca comandar
Sua cerveja é patrimônio americano
e o público podia não aceitar

Quando vieram os 52 bilhões
os gringos decidiram que não iam recusar
Inbev agora virou a AB Inbev
Nova líder mundial, mais motivo pra brindar

Outro negócio veio dois anos depois
mais uma empresa do setor alimentar
O Burger King foi 4 bilhões de dólares
e a rede só cresceu de lá pra cá

O multibilionário Warren Buffett
ficou impressionado com essa forma de atuar
“Esses sujeitos são inteligentes
Vou ser best friend deles, figurinha eu vou trocar”

E com o Warren nosso trio foi fazer
em 2013 outra grande aquisição
A marca Heinz, de catchup e outros produtos
agora faz parte da corporação

Ninguém nesse Brasil em toda a história
teve uma trajetória como esses três aqui
Vendendo tantas marcas de sucesso
em todos os continentes, só razão pra sorrir

Com sangue nos olhos tempo todo
A 3G Capital não se cansa de expandir
Com imóveis, com seguros e transporte
Energia, financeira e o que mais tiver por vir

O Marcel Telles explicou numa palestra
a sua filosofia verdadeira:
“Melhor ficar no vermelho uma vez
do que amarelo uma vida inteira”

E o Jorge Paulo Lemann
reconhece a educação que recebeu
e hoje investe pra educar outras pessoas
na fundação que leva o nome seu

Ele mora na Suíça desde uma tentativa
de sequestro aqui no Brasil
Mas não esquece do país e de seu povo
onde começou a história de tudo que construiu

Quando encontrou e se juntou aos outros dois
montou o time que no topo já chegou
E mais negócios eles vão fazer depois
com a estrela de quem tudo conquistou

O povo declarava que os negócios desse trio
são sucesso por saber se promover
Por isso não seria novidade
se eles anunciassem no portal Bhaz

Seja cerveja, guaraná ou catchup
sanduíche, Americanas, tudo vai vender
A garantia vocês podem ter da gente
que quem é nosso cliente sempre vai
crescer!


Faroeste Caboclo VII - Harry James Potter


Produção: Portal Bhaz
Letra: Pedro Guadalupe e João Basílio

Faroeste Caboclo VII – Harry Potter

É o escolhido esse tal de Harry Potter
Era o que todos diziam quando ele apareceu
Quando o maior bruxo das trevas atacava
Todo mundo ele matava, mas o Harry não morreu

Sobreviveu mas como os pais estavam mortos
Teve que morar com os tios e foi lá que ele cresceu
O seu quartinho era embaixo da escada
Sempre era maltratado, o porquê nunca entendeu

Quando sozinho completava 11 anos
Avistou uma coruja que sua vida ia mudar
E explicar por que ele era diferente
E por que aquilo ali não era o seu lugar

Mesmo estando os seus tios a tentar
Atrapalhar aquela comunicação
Um tal de Hagrid foi lhe encontrar
E fez pra ele uma revelação

“Você é bruxo e tá na hora da verdade
Você tem que ir pra escola estudar com professor
Vai aprender realizar muitos feitiços
e ficar mais protegido da maldade e do terror”

O Harry Potter aceitou e foi com Hagrid
Comprar seus apetrechos no beco diagonal
Ele ficou impressionado com sua fama
Foi ali que ele sentiu que era mesmo especial

Na plataforma nove e três quartos
Ele estava ansioso para embarcar
Ficou amigo de um menino ruivo e durante a viagem
Foi com Rony a conversar

Quando surgiu uma menina enxerida
Que sobre tudo sabia falar
A Hermione também se tornou amiga
E esses três não vão mais se separar

Em Hogwarts a primeira grande aposta
Foi saber para qual casa iam afinal
Era um chapéu bem atrevido que falava
Sonserina, Grifinória, Lufa-Lufa ou Corvinal

Os três foram Grifinória
Companheirismo e coragem tem por lá
Ainda bem que um menino encrenqueiro,
O Draco Malfoy, foi pra Sonserina

E logo Harry demonstrou habilidade
Pra voar numa vassoura e tornou-se jogador
De quadribol, um esporte interessante
Harry foi jogar no time como apanhador

Em uma noite no castelo nosso trio
Em uma sala escura foi parar
Num alçapão, tinha um cão de 3 cabeças
Que um mistério estava a guardar

O professor Snape sempre implicava
Com o menino que virou celebridade do lugar
E o Harry soube que a pedra filosofal
Estava ali mas tinha gente interessada em roubar

Com Hermione e Rony, Harry Potter
Foi tentar achar a pedra e lá foi encontrar
Um professor usado pelo Voldemort
Que pra voltar a ser forte, tinha que a pedra usar

Harry Potter demonstrou sua coragem impedindo que a maldade
Já voltasse logo ali
Mas a verdade é que todo o mundo bruxo
Viu que Voldemort queria ressurgir

No outro ano, Harry conheceu o Dobby
E com o elfo outra amizade foi rolar
Mas de repente
Na escola uns alunos ficaram petrificados
Ninguém soube explicar

A Câmara Secreta alguém abriu
E teve gente acusando o Harry dessa vez
Gina estava com o diário de Tom Riddle
Ele mandou e a menina fez

O Harry duelou com o basilisco
Foi ferido e descobriu que o Tom Riddle era mau
Usando a espada Grifinória
Acabou com o diário, tudo voltou ao normal

Até que um dia o prisioneiro Sirius Black
Escapou de Azkaban e depois desapareceu
E muita gente dizia que ele vinha
Pra pegar o Harry Potter, mas era padrinho seu

Quando afinal os dois puderam se encontrar
O Sirius Black conseguiu dizer
Que o vilão era o Pedro Pettigrew
E ajudava Voldemort a renascer

O tempo passa, e um dia tem início
Entre três escolas bruxas uma competição
E Harry Potter mesmo sendo proibido
É inscrito no torneio, sem haver explicação

O Harry avança e alcança a final
Recebendo ajuda extra sem saber de quem
No labirinto chegou junto com Cedrico
E o troféu enfeitiçado os levou além

Num cemitério, com Cedrico assassinado
Harry Potter viu seu sangue ir parar num caldeirão
Junto com osso e com a mão do Pettigrew, aconteceu:
O Voldemort ganhou vida, meu irmão

O Voldemort ganhou vida, meu irmão
O Voldemort ganhou vida, meu irmão
Está voltando pra buscar dominação
E Harry Potter é sua grande obsessão

Mas Harry outra vez foi mais esperto
Num duelo de varinhas ele pôde escapar
Estranhamente o Ministro da Magia
Duvidou que Voldemort estivesse a retornar

Mas Dumbledore sabia que era verdadeiro
O relato e por isso decidiu reativar
Ordem da Fênix, um grupo decidido
A fazer que Voldemort não prossiga

Em Hogwarts, uma bruxa arrogante
Tal de Dolores Umbridge apareceu por lá
O tempo todo perseguia Harry Potter
Na volta de Voldemort não queria acreditar

Mas a Armada Dumbledore veio depois
Com gente que preferia confiar
Em Harry Potter e aprender a defender
Se Voldemort e sua turma atacar

Voldemort, traiçoeiro, sem vergonha
Pra pegar a profecia, conseguiu Harry enganar
Pôs uma falsa mensagem em sua mente
Sirius Black aprisionado e Voldemort a torturar

Harry juntou seus companheiros da Armada
E da Dolores conseguiram se livrar
Foram parar rapidamente na emboscada
Com os comensais começaram a lutar

A Ordem da Fênix lá chegou
E Belatriz matou o Sirius, olha o que ela fez
Com o Dumbledore, Voldemort então lutou
Mas o mal perdeu mais uma vez

Voldemort mandou entregar veneno
Pra matar o Dumbledore mas o Draco vacilou
E o diretor começa a revelar pro Harry
Como o mal do Voldemort se originou

As horcruxes eram partes da alma
Pra torná-lo imortal, por isso Dumbledore pegou
Aquela horcrux num anel
Mas a destruição da joia à morte certa o condenou

O Harry Potter não sabia o que fazer
Com Dumbledore assassinado sem perdão
Snape tinha feito um pacto com Draco
O ajudaria a cumprir sua missão

Então, o Harry Potter nessa hora
Decidiu sair da escola pra focar em conseguir
Achar e acabar com as horcruxes
Só assim o Voldemort ia poder destruir

Sentindo o sangue na garganta
Harry, Rony e Hermione não iriam desistir
Invadiram o ministério dominado
Pra pegar o medalhão e depois então fugir

Rony ficou pela horcrux alterado
Mas depois ajudou Harry a conseguir
Pegar a espada escondida em um poço
E o medalhão com muito esforço destruir

A história das relíquias
Com o pai da amiga Luna o trio entendeu
Capturados, vão pra casa do Malfoy
Fogem de lá só que o Dobby morreu

Eles voltam pro castelo, mais horcruxes vão achar
Mas Harry Potter não evita não
Que Voldemort mate Snape e depois disso
Harry entende que Snape sempre lhe deu proteção

E Harry Potter sabendo que é horcrux
Só quer morrer pra acabar com o terror
Mas Voldemort com a varinha das varinhas
Só a horcrux destruiu quando atacou

E quando o Neville matou Nagini,
Voldemort pressentiu que derrotado ia ser
Pois todos os pedaços da sua alma
Tinham sido destruídos, era a hora de morrer

E Harry Potter concluiu a profecia
Que dizia que só um dos dois ia viver
E com a Gina ele formou uma família
E a sua cicatriz mais nunca vai doer


Faroeste Caboclo VIII - Joesley Batista

Não tinha medo esse Joesley Batista
nos negócios e agora com o que aconteceu
Ficou famoso por gravar Aécio e Temer
Essa história teve início com um negócio do pai seu

Lá em Anápolis, Zé Batista Sobrinho
viu na obra de Brasília uma chance de lucrar
Vendia carne para as grandes empreiteiras
que faziam a cidade, muita gente a trabalhar

JBS vem do nome desse homem
que no início abatia por dia cinco animais
Ninguém dizia que um império gigantesco
estaria começando desse jeito em Goiás

Mas ele sempre teve faro pra encontrar
grandes negócios, ele tem muita visão
E os seus filhos “Zé Mineiro” foi treinar
com liderança, ousadia e ambição

Anos 80, o Joesley e Wesley
eram típicos meninos agroboys do interior
Usavam mullets já desde aquele tempo
e do pai ouviam dicas pra ser empreendedor

O frigorífico se diferenciava
por ser rápido e preciso no processo produtor
Sua expertise lhes dizia que era hora
de dar o pulo do gado como grande investidor

Os cinco filhos do Zé Batista Sobrinho
comandavam o negócio e foram buscar
2005, o primeiro empréstimo no BNDES
pra Swift comprar

Com essa empresa, que era argentina
eles viraram internacionais
Se o governo ajudar com mais dinheiro
a gente pode expandir muito mais

Eles estavam certos na aposta
de amizade com o poder no Planalto Central
em quatro anos doações multiplicaram
presidente, senador e deputado federal

Meu Deus, essa Brasília linda
é mesmo aqui o caminho pra ganhar
o apoio certo, pra isso o dinheiro
pra política não pode mais falta

2007, a JBS foi
primeira empresa do setor a abrir o capital
e conseguiu fazer outro grande negócio
pra virar um grande nome no cenário mundial

Agora o banco BNDES
também era investidor, em vez de só emprestar
e resolveu colocar mais de 1 bilhão
pra Swift americana ajudar comprar

Com essa compra, uma grande meta se tornou realidade
Liderança é isso aí
Maior empresa de processamento de carne do mundo
se tornava ali

Fez negócios no Brasil e na Itália
Canadá e na Austrália sempre a ousar
Mas de repente
num esquema nos States bom demais pra ser verdade
teve que recuar

Governo americano não deixou
eles comprarem duas empresas de uma vez
Concorrência seria afetada
Então com uma só o negócio fez

O dinheiro do BNDES
tava sempre disponível no Distrito Federal
Até agente duplo eles tinham
Um sujeito no conselho e no banco estatal

No Brasil, a Bertin incorporaram
e nos Estados Unidos outra compra aconteceu
A Pilgrim’s Pride foi adquirida
e o frango era agora o novo mercado seu

2012 no Brasil mais aviários
eles compraram pra fortalecer
Adquiriram a Seara, que era grande,
mas monopólio ninguém acusou de ser

O tempo passa e Joesley sente falta
de alguém de alta classe para lhe dar a mão
Ele conhece a Ticiana Villas Boas
e oferece vida boa, se casaram com um festão

O casamento foi capa de jornal
e o Joesley não podia reclamar mais não
Bem sucedido no amor e nos negócios
mantinha seu projeto de dominação

Comprava empresas de cosméticos, limpeza
laticínios, biodiesel, de transportes e ração
Mas pra manter o desempenho exemplar, eles diziam
eles diziam que não tinha como ser honesto não

A gente tem que praticar corrupção
A gente tem que praticar corrupção
Enquanto a gente na surdina molha a mão
o Tony Ramos faz nossa reputação

Pro grupo J&S dar mais certo
só faltava o Roberto Carlos lhes recomendar
E o cantor que era vegetariano
agora comia um bife que dizia adorar

Até a Fátima Bernardes indicava
os produtos da Seara, quem podia acreditar
que tinha treta nos negócios da empresa
que era orgulho do Brasil, quem imagina?

O J&S tava junto com Odebrecht e EBX
na lista dos maiores a ganhar
com a ajuda do BNDES
foram mais de 8 bilhões só em uma década

A Alpargatas eles compraram depois
e dessa vez, foi a Caixa a bancar
pagando tudo, para só depois de dois
anos passarem, começarem a cobrar

J&S tinha tanta intimidade com o poder
que o Henrique Meirelles esteve lá
Ex-presidente do Banco Central fazia
a conversa com o governo muito bem continuar

Mas a Polícia Federal chegava perto
e finalmente começava a investigar
por que o grupo tinha tantos benefícios
das estatais pra vender e pra comprar

E quando a Carne Fraca estourou
o mercado internacional se alvoroçou de vez
Mas o presidente logo contemporizou
E uma foto com churrasco fez

O Joesley já sabia que a fraldinha tava assando
e um bom advogado ele chamou
Marcelo Miller que era amigo do Janot
saiu da Procuradoria e lhe orientou

Pra escapar de parar numa cadeia
ele tinha que fazer visitas com um gravador
Grampear figurões pra delatar,
era a hora de afundar o presidente e o senador

O Michel Temer não sabia o que fazer
Quando viu o repórter da televisão
Dizendo que o presidente concordava
Com o cala-boca pro Eduardo na prisão

Na quinta-feira então, às quatro horas
Todo o povo brasileiro na TV foi assistir
Um homem que estava pressionado
Dizendo que não iria da presidência sair

Sentindo o sangue na garganta
Temer questionou o áudio que lhe deram para ouvir
E chamou de fanfarrão o empresário que ele recebeu em casa
já na hora de dormir

Aécio disse que era empréstimo de amigo
mas amigo como esse nunca vi
E a polícia registrou em foto e vídeo
a arapuca pro tucano não fugir

Quase 1.900 candidatos
receberam um dinheiro seu
e 35% dos deputados
o grupo J&S que elegeu

O Joesley com os grampos abalou todo o Brasil
mas não ficou pra ver a merda não
De Nova York os estragos acompanha
com a certeza de quem já negociou o seu perdão

Até na hora de soltar pro jornalista
a informação que o tornaria delator
Joesley teve esperteza pra comprar
bilhão de dólares e muito ele lucrou

O povo declarava que Joesley
era bem esperto e o grande vilão
E junto com o seu irmão Wesley
forma a dupla sertaneja que ganhou com a traição

A gente viu que o crime até compensa
se você souber com quem se arrepender
Se para o Temer essa vaca foi pro brejo
os Batista até agora ninguém vai
prender


Faroeste Caboclo IX - Jair Messias Bolsonaro

Virou o mito esse tal de Bolsonaro
defendido, adorado e idolatrado como um deus
É o rei das selfies e das páginas no Face
carregado pelos ombros pelos defensores seus

Por onde passa, cada vez mais gente acha
que só ele é a saída pro Brasil endireitar
E se alguém ataca o mito na internet
a sua tropa de choque chega junto pra brigar

Os bolsominions têm orgulho do Messias
que promete a política afinal moralizar
Desilusão com os políticos de sempre
faz crescer o defensor da ditadura militar

Na juventude resolveu que ia entrar
para o Exército que protege a nação
Se precisasse nas armas ia pegar
para poder ajudar na repressão

Fez a escola de cadetes do Exército
77 na Agulhas Negras se formou
O seu perfil de liderança agressiva
promovendo a rebeldia logo se manifestou

Um relatório do Exército mostrava
que ele era ambicioso e por isso liderou
um movimento reclamando dos salários
até mesmo um artigo na revista publicou

87, ele disse pra imprensa
que um protesto violento ia executar
Ia botar bombas nos quartéis, pra mostrar para o comando
que não ia recuar

Foi descoberto e um julgamento
aconteceu para o condenar
Ele escapou e conseguiu ir pra reserva
Só 11 anos na ativa militar / Com pouco tempo na ativa militar

Logo depois, recebeu uma proposta
tentadora, 88 era ano eleitoral
Ser candidato a vereador no Rio
para aproveitar a fama que ganhou no tribunal

“Meu Deus, mas que ideia linda
é muito bom pra política entrar
Esse lugar de poder e de dinheiro
na verdade era tudo que eu queria”

Já em 90 foi eleito deputado
federal colhendo os frutos do perfil conservador
Tinha o apoio dos colegas militares
no Distrito Federal então ele chegou

Em quase 27 anos em Brasília
Só um projeto pôde aprovar
Mas mesmo com esse desempenho pífio
Soube fazer o seu nome destacar

Ele sabia que a mídia dava espaço
pra opiniões bombásticas de um parlamentar
E aproveitava todas oportunidades
pra expor suas ideias e assim polemizar

“Bandido bom é bandido morto
e tem que ter castração pro sujeito que estuprar”
“Prefiro filho atropelado do que gay”
“Golpe de 64 temos que comemorar”

Logo logo, quem é reacionário conheceu o Bolsonaro
“Gostei desse cara aí!”
E o Jair com seu discurso de milico
cada dia mais aparecia ali

Fez barulho quando em 99
disse que daria golpe depois de ganhar
pra presidente
e também falou que era favorável à tortura
pro sujeito falar

Naquele mesmo ano ele empregou
a companheira e seus parentes, olha o que ele fez
Disse “não sou casado oficialmente
então eu posso contratar os três”

Agora o Bolsonaro demonstrava
que falava em moralismo mas também era imoral
“Eu sonego tudo que for possível”
mas defende dar porrada em criminoso marginal

O Bolsonaro elegeu sua esposa
para a Câmara do Rio mas depois se arrependeu
Ela ousou ter sua própria opinião
Ele não queria mais quem lhe desobedeceu

Ele elegeu o seu filho no lugar
e o comando ele voltou a ter
Com um irmão e três filhos na política
os Bolsonaro ampliaram seu poder

O tempo passa e um dia ele encontra
no plenário uma senhora com indignação
E ele encara a Maria do Rosário
que o chamou de estuprador, não tinha medo não

“Vou te dizer, se eu fosse estuprador
não merecia você ser estuprada não
E com certeza não defendo bandidinho
que merece estar a sete palmos sob o chão”

“E esse blablablá de direitos humanos
vai mudar quando eu chegar a presidir a Comissão”
Foi processado mas falou “não tenho medo de perder
meu mandato por quebra de decoro não”

A violência sempre é a solução
seja a porrada ou a intimidação
“a violência se combate com violência”
Eu vou morrer com essa convicção

Em todos os seus anos de Congresso
30 vezes já tentaram o seu mandato cassar
Segundo ele, deputado pode tudo
mas esquece que existe decoro parlamentar

Pra provocar quem procurava as ossadas
de quem desapareceu na ditadura militar
Fez um cartaz pra debochar dessa ideia
que se dane quem morreu no Araguaia

Ele defende adotar pena de morte
que cadeia é pra sofrer, e não pra recuperar
E se alguém vem criticar a ditadura ele diz:
“O grande erro foi torturar e não matar”

2013 o deputado justiceiro
foi autuado por fazer pesca ilegal
Meses depois, fez um projeto proibindo
uso de armas por fiscal ambiental

Em São Paulo, na Assembleia do estado
seu irmão tinha um emprego de assessor parlamentar
Foi demitido depois que descobriram
que ele só ficava ausente, nunca ia trabalhar

Se for eleito já avisou que não vai ter
“essa historinha de estado laico não”
As minorias que se danem ou que mudem
mas o Messias vai fazer o país cristão

No dia do impeachment da Dilma
ele aproveitou que todo o Brasil ia assistir
e dedicou seu voto para o Ustra
coronel torturador do governo Médici

E quando votava Jean Wyllys
ele ficou com o filho provocando por ali
E tomou uma cusparada de resposta
uma briga que a TV não cansou de exibir

Ele falou que todo mundo é igual
que machista com certeza ele não é
Mas depois de ter quatro filhos homens
“na quinta, dei uma fraquejada e veio uma mulher”

E falou que quilombola
nem para reprodução devia servir mais
Quer liberar porte de arma no Brasil
e não aceita as cotas raciais

Quando um jovem que roubava recebeu uma tatuagem
que dizia que era ladrão
Quem apoiou a punição na internet
foi quem quer o Bolsonaro no comando da nação

E foi a guerra dos tucanos com o PT
que fez o povo se desiludir geral
Ficou um vácuo muito grande de poder
que alimentou esse discurso radical

O povo declarava que o tal do Bolsonaro
era mito e presidente ia ser
Mas mito, como diz o dicionário
também é uma fantasia que não vai acontecer

Se for eleito, com certeza no outro dia
todo brasileiro armado vai querer fazer
sua justiça como seu líder defende
se é culpado ou inocente ninguém quer
saber


Faroeste Caboclo X - Maria da Graça Meneghel


Ela nasceu Maria da Graça Meneghel
Mas ficou mais conhecida por um apelido seu
Era o irmão, o Bladimir que preferia
chamar a bebê de Xuxa e a gaúcha assim cresceu

Ninguém dizia que aquele apelido
seria tão conhecido dentro e fora do Brasil
Programas, filmes, fotos, discos, shows e parque
e sucesso absoluto com o público infantil

Era modelo na infância e adolescência
já mostrava competência pra sorrir e desfilar
Aos 17 foi fazer foto no States
mas queriam dar dinheiro pra com um famoso transar

Tinha 18 quando foi fotografar
pra uma capa de revista seleção
Pelé ficou impressionado com a loura
pouco depois, começou a relação

A Xuxa já virava então celebridade
fez Playboy e recebeu a ligação de um diretor
Ele dizia que queria ela num filme,
vai ser um sucesso, o título é “Amor, Estranho Amor”

Àquela altura, ela não imaginava
que esse filme lhe daria no futuro muita dor
Principalmente porque no ano seguinte
um programa pra crianças na TV iniciou

Foi na Manchete que ela chamou de baixinhos
as crianças com quem começava a lidar
E era quase sempre paciente, só às vezes que dizia
“aham, Cláudia, senta lá”

Pouco depois, o Pelé foi na Abril
pra pessoalmente ele negociar
e conseguir tirar do acervo da editora
as fotos que ela fez sem nada usar

No outro ano, ela recebeu proposta
pra se tornar estrela da manhã global
Sua carreira engrenava de verdade
Não seria mais modelo, a TV era o canal

“Meu Deus, eu sou tão nova ainda
e já na Globo eu começo a trabalhar”
O Xou da Xuxa logo fez xuxexo
e agora ela também ia cantar

“Turma da Xuxa”, “Doce Mel”, “Cãozinho Xuxo”
“Quem qué pão” são os primeiros hits que ela gravou
Mesmo não sendo exatamente uma cantora
em 86 ninguém mais do que ela faturou

Ela virou a rainha dos baixinhos
e sua fama era fenomenal
Toda manhã, mandava beijinho, beijinho
mas pro Pelé, ela deu foi um tchau tchau

Quando da nave a Xuxa desembarcava
as crianças deliravam, começavam a pular
Com as paquitas, Dengue, Praga, Moderninho
e os desenhos que faziam todo mundo se ligar

88, o disco mais vendido
foi o Xou da Xuxa 3, com o hit “Ilariê”
Toda criança na TV mandava beijo
para quem? “Pra minha mãe, pro meu pai e pra você”

Logo logo, os hermanos da Argentina conheceram a menina
“Chica hermosa hay ahí”
E o programa “El Show de Xuxa” teve início
17 novos países pra assistir

O piloto Ayrton Senna foi ligeiro
e chamou depressa a Xuxa para conversar
E de repente
um novo casal de ídolos amados pelo povo
começou a rolar

Mas quando o namoro engrenou
a Xuxa achou que os compromissos iam impedir
os encontros, e por isso terminou
“Querido Beco, eu não vou conseguir”

Agora o Ayrton tá na pista
mas a curva do circuito italiano foi fatal
E Xuxa chorou junto com o país
Sempre ao lado da família dele até no funeral

Só que Ayrton tinha uma menina
há mais de um ano e meio, a Adriane Galisteu
E o ciúme que surgiu nesse velório
gerou uma inimizade que até hoje não morreu

A Xuxa teve uma proposta pra casar
com o pop star que cantava “Thriller”
“Querido Michael, eu nunca vou te amar
então um filho com você não posso ter”

O tempo passa e a Xuxa já estava
entre as pessoas do mundo com mais grana na mão
É acusada de estimular o consumo
mais de 200 produtos com sua reputação

E esse império alguém vai comandar
Tem que ser alguém de quem não desconfie não
Marlene Mattos dirigia a carreira
a estrela só crescia sem limitação

E o desejo de ter filho ia crescendo
final de 97 ela esteve no Faustão
e anunciou a gravidez para o Brasil, e o ministro
Serra disse que ela foi decepção

“Você que era a rainha da nação
deu mau exemplo para a nova geração
estimulando independente produção
e o aumento da nossa população”

A Xuxa não achou que era certa
a acusação e mandou um recado pra Brasília:
“Mau exemplo é o que eu vejo todo dia no noticiário”
“Mas eu tenho condições de criar e educar minha filha”

E quando Sasha nasceu, o país inteiro
viu a filha da rainha as revistas estampar
E Xuxa então mais de uma vez foi acusada
de superexpor na mídia a menina

Mas o sucesso da estrela prosseguia
no cinema muitos filmes contra o baixo astral
De Trapalhões até Xuxa e os Duendes
“Xuxa requebra” e o recordista “Lua de Cristal”

O seu projeto especial surgiu depois
que a maternidade veio aflorar
preocupação com os pequenos então fez
o “Xuxa só para baixinhos” começar

Produção de qualidade e versões
de hits americanos pras crianças ensinar
Fez o Brasil inteiro ficar preocupado
com os cinco patinhos que saíram pra passear

Os seus programas sucediam na TV
Planeta Xuxa, Xuxa Hits, Paradão
O Xuxa Park ia bem até que um dia
uma tragédia provocou sua extinção

Na nave que estava no cenário
rolou um curto-circuito, uma fagulha foi surgir
E logo um incêndio começava
mais de 300 pessoas precisando fugir

A Xuxa ficou bem deprimida
preocupada com os feridos nem conseguia dormir
E não fez nunca mais o Xuxa Park
o programa de TV acabava por ali

2002 o “Xuxa só para baixinhos”
ganha o Grammy Melhor Álbum Infantil
E decidiu romper de vez com a baixinha
Marlene Mattos, o seu tempo se extinguiu

Há quase 18 anos
a Marlene lhe dizia tudo o que fazer
“Tô cansada de ser marionete
A Barbie vai falar e sem você”

Xuxa fala da sua vida, mas do pai não fala muito
desde que teve a separação
Ele traiu esposa e ficou com vergonha
de admitir pra Xuxa e negou a traição

Xuxa falou para o Fantástico depois
de um período de abusos e de dor
dos 5 aos 13 anos, era molestada
sofreu calada, muita culpa carregou

O povo comentava que um pacto com o demo
Xuxa fez pro sucesso obter
Mas sempre foi o cara lá de cima
que cuidou da trajetória, fez a estrela crescer

Saiu da Globo, na Record está dançando
e tentando achar o seu espaço na TV
Mas sua história já marcou eternamente
quem há quase 30 anos canta Ila… riê!


=========================
Outras paródias usando o Faroeste Caboclo:

Kaquinho Big Dog - Coyote Sanguinário (Clipe)


Faroeste Caboclo - O Rei Leão (Paródia)


=====================

Especial: É tudo um assunto só!

Outro dia discutindo sobre as manifestações do dia 15, sobre crise do governo e a corrupção da Petrobrás eu perguntei a ele se tinha acompanhado a CPI da Dívida Pública. Então ele me respondeu: Eu lá estou falando de CPI?! Não me lembro de ter falado de CPI nenhuma! Estou falando da roubalheira... A minha intenção era dizer que apesar de ter durado mais de 9 meses e de ter uma importância ímpar nas finanças do país, a nossa grande mídia pouco citou que houve a CPI e a maioria da população ficou sem saber dela e do assunto... Portanto não quis fugir do assunto... é o mesmo assunto: é a política, é a mídia, é a corrupção, são as eleições, é a Petrobras, a auditoria da dívida pública, democracia, a falta de educação, falta de politização, compra de votos, propina, reforma política, redemocratização da mídia, a Vale, o caso Equador, os Bancos, o mercado de notícias, o mensalão, o petrolão, o HSBC, a carga de impostos, a sonegação de impostos,a reforma tributária, a reforma agrária, os Assassinos Econômicos, os Blog sujos, o PIG, as Privatizações, a privataria, a Lava-Jato, a Satiagraha, o Banestado,  o basômetro, o impostômetro, É tudo um assunto só!...




A dívida pública brasileira - Quem quer conversar sobre isso?

Escândalo da Petrobrás! Só tem ladrão! O valor de suas ações caíram 60%!! Onde está a verdade?

A revolução será digitalizada (Sobre o Panamá Papers)

O tempo passa... O tempo voa... E a memória do brasileiro continua uma m#rd*

As empresas da Lava-jato = Os Verdadeiros proprietários do Brasil = Os Verdadeiros proprietários da mídia.

Desastre na Barragem Bento Rodrigues <=> Privatização da Vale do Rio Doce <=> Exploração do Nióbio

Trechos do Livro "Confissões de um Assassino Econômico" de John Perkins 

Meias verdades (Democratização da mídia)

Spotniks, o caso Equador e a história de Rafael Correa.

O caso grego: O fogo grego moderno que pode nos dar esperanças contra a ilegítima, odiosa, ilegal, inconstitucional e insustentável classe financeira.



UniMérito - Assembleia Nacional Constituinte Popular e Ética - O Quarto Sistema do Mérito 

Jogos de poder - Tutorial montado pelo Justificando, os ex-Advogados Ativistas
MCC : Movimento Cidadão Comum - Cañotus - IAS: Instituto Aaron Swartz

TED / TEDx Talks - Minerando conhecimento humano




Mais desse assunto:

O que tenho contra banqueiros?! Operações Compromissadas/Rentismo acima da produção

Uma visão liberal sobre as grandes manifestações pelo país. (Os Oligopólios cartelizados)

PPPPPPPPP - Parceria Público/Privada entre Pilantras Poderosos para a Pilhagem do Patrimônio Público



As histórias do ex-marido da Patrícia Pillar

Foi o "Cirão da Massa" que popularizou o termo "Tattoo no toco"

A minha primeira vez com Maria Lúcia Fattorelli. E a sua?

As aventuras de uma premiada brasileira! (Episódio 2016: Contra o veto da Dilma!)  

A mídia é o 4° ou o 1° poder da república? (Caso Panair, CPI Times-Life)

O Mercado de notícias - Filme/Projeto do gaúcho Jorge Furtado



Quem inventou o Brasil: Livro/Projeto de Franklin Martins (O ex-guerrilheiro ouve música)

Eugênio Aragão: Carta aberta a Rodrigo Janot (o caminho que o Ministério público vem trilhando)

Luiz Flávio Gomes e sua "Cleptocracia"

Comentários políticos com Bob Fernandes. 

Quem vamos invadir a seguir (2015) - Michel Moore

Ricardo Boechat - Talvez seja ele o 14 que eu estou procurando...

Melhores imagens do dia "Feliz sem Globo" (#felizsemglobo)

InterVozes - Coletivo Brasil de Comunicação Social



Sobre Propostas Legislativas:

Manifesto Projeto Brasil Nação

A PLS 204/2016, junto com a PEC 241-2016 vai nos transformar em Grécia e você aí preocupado com Cunha e Dilma?!

A PEC 55 (antiga PEC 241). Onde as máscaras caem.

Em conjunto CDH e CAE (Comissão de Direitos Humanos e Comissão de Assuntos Econômicos)

Sugestão inovadora, revolucionária, original e milagrosa para melhorar a trágica carga tributária brasileira.


Debates/Diálogos:

Debate sobre Banco Central e os rumos da economia brasileira...

Diálogo sobre como funciona a mídia Nacional - Histórias de Luiz Carlos Azenha e Roberto Requião.

Diálogo sobre Transparência X Obscuridade.

Plano Safra X Operações Compromissadas.

Eu acuso... Antes do que você pensa... Sem fazer alarde...talvez até já tenha acontecido...


Depoimento do Lula: "Nunca antes nesse país..." (O país da piada pronta)
(Relata "A Privataria Tucana", a Delação Premiada de Delcidio do Amaral e o depoimento coercitivo do Lula para a Polícia Federal)


Democratizando a mídia:

Entrevistas e mais entrevistas na TV 247


Entrevistas e depoimentos na TVT/DCM


Um ano do primeiro golpe de estado no Brasil no Terceiro Milênio.

Desastre em Mariana/MG - Diferenças na narrativa.

Quanto Vale a vida?!

Como o PT blindou o PSDB e se tornou alvo da PF e do MPF - É tudo um assunto só!

Ajuste Fiscal - Trabalhadores são chamados a pagar a conta mais uma vez

Resposta ao "Em defesa do PT" 

Sobre o mensalão: Eu tenho uma dúvida!



Questões de opinião:

Eduardo Cunha - Como o Brasil chegou a esse ponto?



Sobre a Ditadura Militar e o Golpe de 64:

Dossiê Jango - Faz você lembrar de alguma coisa?

Comissão Nacional da Verdade - A história sendo escrita (pela primeira vez) por completo.

CPI da Previdência


CPI da PBH Ativos


Sobre o caso HSBC (SwissLeaks):

Acompanhando o Caso HSBC I - Saiu a listagem mais esperadas: Os Políticos que estão nos arquivos.

Acompanhando o Caso HSBC II - Com a palavra os primeiros jornalistas que puseram as mãos na listagem.

Acompanhando o Caso HSBC III - Explicações da COAF, Receita federal e Banco Central.

Acompanhando o Caso HSBC V - Defina: O que é um paraíso fiscal? Eles estão ligados a que países? 

Acompanhando o Caso HSBC VI - Pausa para avisar aos bandidos: "Estamos atrás de vocês!"... 

Acompanhando o Caso HSBC VII - Crime de evasão de divisa será a saída para a Punição e a repatriação dos recursos

Acompanhando o Caso HSBC VIII - Explicações do presidente do banco HSBC no Brasil

Acompanhando o Caso HSBC IX  - A CPI sangra de morte e está agonizando...

Acompanhando o Caso HSBC X - Hervé Falciani desnuda "Modus-Operandis" da Lavagem de dinheiro da corrupção.



Sobre o caso Operação Zelotes (CARF):

Acompanhando a Operação Zelotes!

Acompanhando a Operação Zelotes II - Globo (RBS) e Dantas empacam as investigações! Entrevista com o procurador Frederico Paiva.

Acompanhando a Operação Zelotes IV (CPI do CARF) - Apresentação da Polícia Federal, Explicação do Presidente do CARF e a denuncia do Ministério Público.

Acompanhando a Operação Zelotes V (CPI do CARF) - Vamos inverter a lógica das investigações?

Acompanhando a Operação Zelotes VI (CPI do CARF) - Silêncio, erro da polícia e acusado inocente depõe na 5ª reunião da CPI do CARF.

Acompanhando a Operação Zelotes VII (CPI do CARF) - Vamos começar a comparar as reportagens das revistas com as investigações...

Acompanhando a Operação Zelotes VIII (CPI do CARF) - Tem futebol no CARF também!...

Acompanhando a Operação Zelotes IX (CPI do CARF): R$1,4 Trilhões + R$0,6 Trilhões = R$2,0Trilhões. Sabe do que eu estou falando?

Acompanhando a Operação Zelotes X (CPI do CARF): No meio do silêncio, dois tucanos batem bico...

Acompanhando a Operação Zelotes XII (CPI do CARF): Nem tudo é igual quando se pensa em como tudo deveria ser...

Acompanhando a Operação Zelotes XIII (CPI do CARF): APS fica calado. Meigan Sack fala um pouquinho. O Estadão está um passo a frente da comissão? 

Acompanhando a Operação Zelotes XIV (CPI do CARF): Para de tumultuar, Estadão!

Acompanhando a Operação Zelotes XV (CPI do CARF): Juliano? Que Juliano que é esse? E esse Tio?

Acompanhando a Operação Zelotes XVI (CPI do CARF): Senhoras e senhores, Que comece o espetáculo!! ("Operação filhos de Odin")

Acompanhando a Operação Zelotes XVII (CPI do CARF): Trechos interessantes dos documentos sigilosos e vazados.

Acompanhando a Operação Zelotes XVIII (CPI do CARF): Esboço do relatório final - Ainda terão mais sugestões...

Acompanhando a Operação Zelotes XIX (CPI do CARF II): Melancólico fim da CPI do CARF. Início da CPI do CARF II

Acompanhando a Operação Zelotes XX (CPI do CARF II):Vamos poupar nossos empregos 



Sobre CBF/Globo/Corrupção no futebol/Acompanhando a CPI do Futebol:

KKK Lembra daquele desenho da motinha?! Kajuru, Kfouri, Kalil:
Eu te disse! Eu te disse! Mas eu te disse! Eu te disse! K K K

A prisão do Marin: FBI, DARF, GLOBO, CBF, PIG, MPF, PF... império Global da CBF... A sonegação do PIG... É Tudo um assunto só!!

Revolução no futebol brasileiro? O Fim da era Ricardo Teixeira. 

Videos com e sobre José Maria Marin - Caso José Maria MarinX Romário X Juca Kfouri (conta anonima do Justic Just ) 

Do apagão do futebol ao apagão da política: o Sistema é o mesmo


Acompanhando a CPI do Futebol - Será lúdico... mas espero que seja sério...

Acompanhando a CPI do Futebol II - As investigações anteriores valerão!

Acompanhando a CPI do Futebol III - Está escancarado: É tudo um assunto só!

Acompanhando a CPI do Futebol IV - Proposta do nobre senador: Que tal ficarmos só no futebol e esquecermos esse negócio de lavagem de dinheiro?!

Acompanhando a CPI do Futebol VII - Uma questão de opinião: Ligas ou federações?!

Acompanhando a CPI do Futebol VIII - Eurico Miranda declara: "A modernização e a profissionalização é algo terrível"!

Acompanhando a CPI do Futebol IX - Os presidentes de federações fazem sua defesa em meio ao nascimento da Liga...

Acompanhando a CPI do Futebol X - A primeira Liga começa hoje... um natimorto...

Acompanhando a CPI do Futebol XI - Os Panamá Papers - Os dribles do Romário - CPI II na Câmara. Vai que dá Zebra...

Acompanhando a CPI do Futebol XII - Uma visão liberal sobre a CBF!

Acompanhando a CPI do Futebol XIII - O J. Awilla está doido! (Santa inocência!)

Acompanhando a CPI do Futebol XIV - Mais sobre nosso legislativo do que nosso futebol



Acompanhando o Governo Michel Temer

Acompanhando o Governo Michel Temer I